Garoto autista que sonha ser youtuber famoso ganha 20 inscritos e se emociona

O Guilhermo Henrique, 14 anos, criou um canal no YouTube para falar sobre o que ele mais gosta: Ciência. Com a ajuda da mãe, o garoto, que tem autismo e limitações motoras, grava, edita, publica e divulga seus vídeos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após ser gravado pela mãe comemorando seus primeiros 20 inscritos, Gui deu um salto no número de seguidores em seu canal, o “Ciências do Gui *o autista da ciência*”: agora são 3,4 mil inscritos (e contando!).

“Ele é pequenininho, mesmo com 14 anos, tem o tamanho de uma criança de 10. Desde 2016 ele parou de crescer, perdeu muito peso. Na maior parte do dia só consegue ficar sentado, não brinca, não se movimenta muito. Ele tem fibrose cística, que é uma doença degenerativa rara, que afeta os nervos e não tem cura”, explica Duda de Castro Souza, mãe do Gui, que foi diagnosticado com autismo quando tinha dois anos.

Jovem autista com doença grave sonha em ser youtuber

Duda, que mora com os três filhos em Porto Velho (RO), é mãe divorciada e trabalha como psicoterapeuta. Ela conta que precisou largar o trabalho para se dedicar integralmente aos filhos. “Meu ex-marido foi morar em São Paulo e abandonou a família. Paga a pensão certinha, mas eles [filhos] não têm mais o pai para contar”, disse ela.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vontade de se tornar youtuber

Em seu canal, Gui adora falar sobre sua maior paixão: Ciência. “Ele pega um livro, escolhe um tema e fala sobre isso. Há pouco tempo ele tinha só eu e outra pessoa de inscritos no canal. Depois que postei um vídeo dele em um grupo, muitas pessoas começaram a se inscrever. Ajudo no que posso. Ensinei a filmar, a fazer os vídeos direitinho. Ele mesmo faz a edição, posta, escreve tudo, é um garoto muito inteligente”, continua.

“Meu filho estava muito triste, perguntando toda hora: ‘Mamãe, eu vou morrer?’. Parte meu coração. Eu falo que a gente vai tratar, vai tomar remédio, que ele vai ficar bom. Ele não tem noção do que é o problema, ele não tem essa percepção ainda. Então, eu evito falar isso com ele. O YouTube foi uma forma dele se entreter”, explica Duda.

Leia tambémYoutuber deficiente visual discute acessibilidade e compartilha sua paixão pela música

Há alguns dias, Duda publicou um vídeo no Facebook mostrando o filho comemorando seus primeiros 20 inscritos: feliz da vida, ele diz ‘Vou ficar famoso!’. O vídeo viralizou e Gui ganhou mais de 3 mil novos inscritos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jovem autista com doença grave sonha em ser youtuber

O garoto afirma que está muito ‘contente’ e tem orgulho do seu canal. “Meu sonho é ser um youtuber de sucesso. O que eu mais gosto de fazer é jogar no meu celular e publicar vídeos novos para o meu canal, pois nunca vou desistir do meu sonho. Quando vi meu canal crescendo, me senti emocionado, foi o melhor dia de todos que já vivi até hoje”, conta. 😍

Leia também: Poetas analfabetos do sertão viralizaram no YouTube e um deles ganhou até documentário!

Segundo Duda, não há tratamento médico disponível em Porto Velho para minimizar os efeitos da doença que afeta a coordenação motora do filho. “Vou precisar ir para São Paulo ou Rio de Janeiro para ajudar meu filho. Ele não faz atividades físicas, porque não tem mais forças. Na escola ele é muito bom, tira só nota alta, gosta muito de estudar. Ele precisa do tratamento para viver melhor”, completa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se inscreva no canal do Gui!

O maior sonho de Guilhermo é se tornar um youtuber famoso. Vamos ajudá-lo? Clique aqui e se inscreva no canal.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: BHAZ/Fotos: Duda de Castro/Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,763,858SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vaquinha para índios Yanomami que estão morrendo desnutridos devido ao garimpo ilegal: saiba como ajudar

O garimpo ilegal está deixando os índios da Terra Yanomami, em Roraima, totalmente desnutridos, ocasionando centenas de morte, principalmente em crianças. Para levar alimento e...

Ela largou um emprego estável, foi pra Amazônia, e lá descobriu um amor finlandês

Virgínia, formada em fonoaudiologia e estudando relações internacionais, um dia, depois de uma viagem pelo Brasil, resolveu sair de um emprego fixo e estável....

Chef ensina moradores de favelas do Rio a criarem pratos aproveitando 100% dos alimentos

O projeto Favela Orgânica ensina jovens, crianças e adultos a evitarem o desperdício de alimentos e usarem isso como uma alternativa de renda.

Homem evita assédio de jovem no metrô com atitude simples e vídeo viraliza

Ao perceber que um homem mal-intencionado estava tentando gravar as partes íntimas de uma jovem no metrô, um senhor de idade se levantou e...

Apenas 9% das pessoas sabem que soropositivos com tratamento em dia não transmitem HIV

Pessoas soropositivas que realizam tratamento não tem condições de transmitir o vírus HIV, aponta estudo.

Instagram