Loja dá celular de presente para menino de 13 anos que sugeriu pagar parcelas com a venda de doces

O garoto Carlos Eduardo Almeida, de 13 anos, chegou com uma proposta inusitada para os vendedores de uma loja de eletrônicos, no Macapá. Ele queria comprar um celular, mas só podia pagar parcelas de R$ 50 por dia, até quitar o aparelho e poder retirá-lo.  O dinheiro, Carlos disse que ia conseguir vendendo doces na rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

loja dá celular de presente para garoto
Foto: Caio Coutinho

Pedido comoveu gerente da loja

A proposta comoveu os funcionários e o Leonir Lima, gerente de compras da loja. Ele conta que uma das vendedoras foi contar a história de Carlos e ele fez questão de conversar pessoalmente com o garoto.

Ele chegou em uma de nossas lojas e chamou a vendedora e perguntou se poderia comprar um celular, deixando R$ 50 todo dia, até pagar tudo. Quando ele terminasse de pagar poderia retirar o aparelho. A vendedora me chamou e eu perguntei para ele qual seria a finalidade e ele prontamente me disse que era pra estudo“, recorda.

loja dá celular de presente para garoto
Foto: Reprodução/Rede Social

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leonir então resolveu dar o aparelho de presente para Carlos, mas com a condição de que ele não largasse os estudos.

Aparelho será usado para estudo

A necessidade de comprar um celular veio quando Carlos começou a ter aulas online, devido a pandemia. Ele também gosta muito de um jogo eletrônico de batalhas e queria um aparelho para acompanhar os amigos no game.

loja dá celular de presente para garoto
Foto: Caio Coutinho

Carlos é de uma família muito humilde. Ele mora com os avós e mais 4 familiares numa casa simples no bairro Brasil Novo, na Zona Norte da capital. Para ajudar no sustento da casa, o garoto vende os chocolates e balas desde 2019.

Como não tem o valor integral do aparelho, Carlos então teve a ideia de ir até a loja e fazer a proposta de pagar R$ 50 diariamente, até que quitasse o produto e pudesse retirá-lo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Carlos sonha em estudar para se tornar militar do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM).

Tomara que você alcance todos os seus sonhos Carlos! E não largue os estudos!

Fonte: Rede Repórter

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,100,260SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Designer constrói mais de 3 mil casas de passarinhos para protegê-los da poluição sonora nas cidades

A poluição sonora nos grandes centros urbanos provoca o afastamento de vários animais, como as aves. A queda do número de espécies e o desequilíbrio...

‘Vila dos anos 1930’ está revolucionando o tratamento de pacientes com Alzheimer

Localizado em Madson, Ohio, nos Estados Unidos, o lar para idosos Lantern lembra muito uma 'vila dos anos 1930'. As instalações foram pensadas para...

Casal pede ração para animais carentes na lista de presentes do casamento

Rebeca Machado e Marcelo Botte se casaram no último sábado (24), em Curitiba. Enquanto faziam a lista de presentes do casamento, eles pensaram que...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Defensor público no Maranhão dispensa ser chamado de Doutor: “É simplesmente Renan”

Os dizeres constam em aviso colado na porta do gabinete do jovem defensor público, Renan Barros dos Reis, de Lago da Pedra/MA. Foto do...

Instagram

Loja dá celular de presente para menino de 13 anos que sugeriu pagar parcelas com a venda de doces 3