Loja dá celular de presente para menino de 13 anos que sugeriu pagar parcelas com a venda de doces

O garoto Carlos Eduardo Almeida, de 13 anos, chegou com uma proposta inusitada para os vendedores de uma loja de eletrônicos, no Macapá. Ele queria comprar um celular, mas só podia pagar parcelas de R$ 50 por dia, até quitar o aparelho e poder retirá-lo.  O dinheiro, Carlos disse que ia conseguir vendendo doces na rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

loja dá celular de presente para garoto
Foto: Caio Coutinho

Pedido comoveu gerente da loja

A proposta comoveu os funcionários e o Leonir Lima, gerente de compras da loja. Ele conta que uma das vendedoras foi contar a história de Carlos e ele fez questão de conversar pessoalmente com o garoto.

Ele chegou em uma de nossas lojas e chamou a vendedora e perguntou se poderia comprar um celular, deixando R$ 50 todo dia, até pagar tudo. Quando ele terminasse de pagar poderia retirar o aparelho. A vendedora me chamou e eu perguntei para ele qual seria a finalidade e ele prontamente me disse que era pra estudo“, recorda.

loja dá celular de presente para garoto
Foto: Reprodução/Rede Social

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leonir então resolveu dar o aparelho de presente para Carlos, mas com a condição de que ele não largasse os estudos.

Aparelho será usado para estudo

A necessidade de comprar um celular veio quando Carlos começou a ter aulas online, devido a pandemia. Ele também gosta muito de um jogo eletrônico de batalhas e queria um aparelho para acompanhar os amigos no game.

loja dá celular de presente para garoto
Foto: Caio Coutinho

Carlos é de uma família muito humilde. Ele mora com os avós e mais 4 familiares numa casa simples no bairro Brasil Novo, na Zona Norte da capital. Para ajudar no sustento da casa, o garoto vende os chocolates e balas desde 2019.

Como não tem o valor integral do aparelho, Carlos então teve a ideia de ir até a loja e fazer a proposta de pagar R$ 50 diariamente, até que quitasse o produto e pudesse retirá-lo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Carlos sonha em estudar para se tornar militar do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM).

Tomara que você alcance todos os seus sonhos Carlos! E não largue os estudos!

Fonte: Rede Repórter

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Todo mundo devia ler isso. Principalmente quem não tira a mesa

Somos maquininhas de inventar justificativas para os nossos comportamentos.

Quando deixam esse recado na conta do restaurante de uma jovem família

    "Alguém pagou nosso jantar quando éramos pais jovens, o que realmente nos marcou. O fundamento desse gesto é a boa paternidade. Continuem fazendo um bom trabalho…...

Mulher árabe recebe rim de judeu morto em conflito entre Israel e Palestina

Em meio aos conflitos violentos entre Palestina e Israel, uma história de solidariedade entre árabes e judeus. Após uma espera de dez anos, Randa Aweis,...

Projeto auxilia famílias resgatando a auto estima e promovendo inclusão social

Vários médicos, enfermeiros e membros da sociedade civil perceberam que um grande número de crianças atendidas no Hospital da Lagoa, no Rio de Janeiro,...

Vaquinha da VOAA: Ajude adolescente que viralizou com festa de 15 anos simples a construir sua casa

A Flávia não teve um super baile de debutante quando completou 15 anos. Ela tinha esse sonho, mas as condições financeiras da família não...

Instagram

Loja dá celular de presente para menino de 13 anos que sugeriu pagar parcelas com a venda de doces 4