Garoto que faz cuscuz para ajudar mãe é alvo de ataques racistas e internet responde com amor

Isaac tem 13 anos e, assim como milhares de brasileiros, vive uma vida simples e com o dinheiro contadinho. Foi por isto que o garoto começou a fazer cuscuz para ajudar no orçamento familiar e, assim que recebeu o primeiro pagamento comprou um lanche para sua mãe Benedita.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele mesmo contou sua história há poucos dias, quando mostrava a reação da mãe ao receber seu sanduíche preferido, mas quando abriu a caixinha de perguntas do Instagram recebeu milhares de mensagens racistas.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) on

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar do garoto ter levado na “esportiva” e dizer que não se abalava em relação aos ataques, sua história viralizou e foi contada em alguns lugares, inclusive por nós.

Não demorou para ela percorrer o Brasil inteiro e a situação se invertesse.

 

View this post on Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O abraço que eu queria agora era o da @paolacarosella 💖💖🙏

A post shared by Isaac Vinícius (@vinicius.isaac) on

Isaac recebeu mensagens de famosos, entre eles a chef de cozinha Paola Carosella e do cantor Fagner, que assim como ele, é cearense.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vaquinha para jovem que foi preso injustamente conseguir ter um lar para recomeçar sua vida. Clique aqui e contribua.

Fã de Belchior e apaixonado pela sua família, Isaac vive em Tianguá (CE) e em poucos dias virou celebridade nas redes sociais. Recebendo apoio de milhares de pessoas, hoje ele possui mais de 50 mil seguidores e está fechando diversas parcerias que prometem transformar sua vida.

 

View this post on Instagram

 

Incrível como o @pretozeze abraçou minha causa. Até o Fagner me notou. Gratidão muita.

A post shared by Isaac Vinícius (@vinicius.isaac) on

Chocada com os ataques racistas em relação ao seu filho, Benedita chegou a fazer uma live emocionada, pedindo para que as pessoas parassem com isto.

Abalada com a situação, ela também ressaltou que sempre valorizou Isaac, que não se sentiu diminuído nem por um minuto com a situação.

Vaquinha para jovem morador de periferia continuar com seu projeto social com crianças da comunidade. Clique aqui e contribua.

Todas as vezes que coloquei meu filho diante do espelho e repeti inúmeras vezes que ele era especial, que ele era lindo, educado, inteligente, valeram a pena hoje. Porque ele não se abalou, nenhum pouco. Mesmo diante de tanta coisa horrível”, disse.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Bentinha (@bentasantos) on

É difícil de compreender o que motiva uma pessoa a deixar um recado racista para uma criança, mas o amor e o respeito sempre chegam mais alto e esta história é a prova maior disto. Benedita nunca vendeu tanto cuscuz e seu empreendimento já ganhou nome, logo, parcerias e está indo de vento em popa!

cuscuz da mãe do Isaac
Foto: Instagram

A família inteira ganhou um tratamento dentário e o Brasil inteiro está sendo responsável por transformar ódio em amor.

Inclusive, você também pode seguir o Isaac e participar desta corrente. Aqui, definitivamente, só entra amor!

tratamento dentário da família
Foto: Instagram

comemoração 50 mil seguidores
Foto: Instagram

Fonte: Instagram

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,269,708SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Philippe Coutinho leva fã que ‘desenhou’ sua camisa para ver final da Copa América

Wallace emocionou o Brasil na Copa de 2018 ao usar uma camisa improvisada com o nome e o número do jogador.

Alunos de escola pública em Juscimeira (MT) realizam prova com lanternas e professor abre discurso sobre educação no Brasil

O professor da escola João Matheus Barbosa, no Mato Grosso, fez um grande discurso sobre a educação no Brasil após ver cena impactante de alunos fazendo prova com as lanternas de seus celulares após queda de energia.

Homem em situação de rua ganha a vida vendendo livros que encontra no lixo

Odilon Tavares vive em Belo Horizonte e é catador de recicláveis em sua cidade. Em situação de rua, ele já trabalhou como auxiliar de...

Sem Wi-fi: Fotógrafa registra seus filhos brincando no campo nas férias de verão

Imagens em preto e branco da fotógrafa capturaram o valor inestimável de momentos espontâneos no cotidiano de seus filhos.

Projeto questiona machismo, homofobia e sexismo com lambes coloridos

Com lambes coloridos, duas jovens do Sergipe conscientizam as pessoas sobre atitudes machistas, sexistas e homofóbicas que precisam acabar.

Instagram

Garoto que faz cuscuz para ajudar mãe é alvo de ataques racistas e internet responde com amor 4