Garoto de 7 anos leu quase 90 livros em 2016 e já escreveu 4

O menino Carlos Eduardo, de 7 anos de idade, aprendeu a ler aos 4 anos e desde então nunca mais parou de ler. Só este ano, o “Cadu”, como prefere ser chamado, leu nada menos que 88 livros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele mora em Palmas, Tocantins, e conta que o amor pelos livros começou dentro de casa. A mãe dele, Dark Luzia dos Santos, também é uma apaixonada por livros.

“A gente conhece um novo mundo na leitura”, disse o menino ao G1.

A mãe anota todas as obras lidas pelo filho. Ela quase não acreditou quando viu o número de livros que Cadu leu em 2016.

Leia também: Garoto de 6 anos arrecada mais de 600 livros para crianças de rua terem futuro melhor

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O objetivo não era contabilizar os livros, não tínhamos esse interesse. A escola cobrava uma ficha literária, que eu fui preenchendo. Quando eu vi, me assustei, já tinham seis fichas preenchidas. Eu fui contar, aí fui entender que ele tinha lido esse tanto de livro”, relatou Dark.

E, como um bom leitor, Cadu também é escritor. No alto dos seus 7 anos, o menino já escreveu quatro livros. O incentivo veio da mãe. “Minha mãe teve a ideia de eu escrever livros. Eu me inspirei e gostei da ideia”, lembra o jovem escritor-mirim.

A mãe comemora o avanço do menino e diz estar orgulhosa. “Muito orgulhosa porque quando eu tinha o dobro da idade dele, eu fiz um livro de poesia. Eu tinha o sonho de escrever e acabei não desenvolvendo isso. Vendo o Carlos Eduardo, para mim é como se eu estivesse me realizando”.

Assista à reportagem aqui.

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Escolas da Dinamarca ensinam empatia para crianças: desestímulo à competição

Em vez de ensinar o jovem a ser melhor que o colega, o currículo dinamarquês se concentra no desenvolvimento e aprimoramento das habilidades e talentos.

5 histórias que vão fazer você acreditar que grandes mudanças são possíveis

Tem uma página no facebook chamada "Grandes Mudanças", e vendo o conteúdo voltado a inspirações, vi muita sinergia entre o RPA, pois  sempre falamos...

Conheçam avós e suas comidas caseiras ao redor do mundo

Nada melhor do que comer as especialidades culinárias das matriarcas da família feitas com todo o carinho. Pensando nisso, a fotógrafa italiana Gabriele Galimberti saiu por...

Modelo com braço biônico desfilou duas vezes na Semana de Moda de NY neste ano

A modelo Rebekah Marine quer que você ainda siga a sua paixão mesmo que você tenha alguma deficiência. Quando era mais nova, ela foi informada de que não teria um...

Estas fotos de partos são de tirar o fôlego de tão sublimes

A dor e a alegria de um parto em imagens fascinantes.

Instagram