Garoto de 9 anos dá aulas em uma das melhores universidades da Ucrânia

Com apenas nove anos, ele frequenta também a escola regular e tira boas notas. Apesar de ele ter aprendido a falar somente com três anos de idade, logo aprendeu a ler e, segundo sua mãe, não parou mais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vitaly Nechaev gosta de jogar vídeo game no tempo livre, tem interesses de crianças de sua faixa etária. Contudo, sofre com sua má saúde. O governo ucraniano mobilizou-se para que o menino possa ter acesso a clínicas e tratamentos de qualidade.

“Eu quero voltar a dar palestras logo. Eu preparei tópicos mais interessantes, mas preciso recuperar minha força. No início do ano acadêmico eu voltarei com as palestras”, disse Vitaly Nechaev, ao Colorado’s New Leader.

O coordenador de história da universidade, Anatoliy Kuzminsky, se impressionou com o conhecimento do garoto e afirma que ele é um caso único. Os participantes das aulas também afirmam ficar impressionados com a quantidade de detalhes e datas que ele consegue se lembrar.

Vitaly Nechaev foi considerado prodígio após ter lido muitas enciclopédias, livros de histórias, geografia, dentre outros temas, com apenas nove anos de idade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

944543_494653343940953_1703968798_n 1367766189_1367765160ukrayna-da-9-yasindaki-vitaly-nechaev-universitede-ders-veriyor

Fonte: Literatortura | Dica: Gustavo Camargo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal adota 7 irmãos com ajuda de internautas

No primeiro encontro entre Josh e Jessaka, ele disse que seu sonho era ter uma família grande, com no mínimo, 10 filhos. Ela poderia ter...

Buraco de 1 milhão de km² na camada de ozônio do Ártico finalmente se fecha

Em fevereiro deste ano, foi descoberto um buraco gigantesco na camada de ozônio que cobre o Ártico. Ele foi crescendo pouco a pouco até...

Mãe que narra jogos do Palmeiras para filho cego ganha prêmio da FIFA

"Eu sou os olhos e a mão que servem como guia. Eu faço para ensinar que, um dia, os meus olhos não poderão ser os olhos dele."

Moradores improvisam proteção para ninho em dias de chuva em SP

A Malu Pegr, moradora de São Paulo, no bairro de Santana, acabou de nos enviar duas lindas fotos de um gesto simples, mas comovente. Ela...

Professora surpreende alunos com “festa pré-prova” para acalmá-los e história viraliza

A ‘festa’ contou com mensagens positivas espalhadas pela sala, balões e até mesmo um suquinho de maracujá para acalmar os alunos, além de lápis e borrachas personalizados.

Instagram