Em vídeo hilário, criança confunde areia da praia com farofa.“Não pode comer, não?”

Kael ganhou o coração de muita gente, inclusive o nosso! Esse garotinho que simplesmente reinou na internet nessa semana, estava em um passeio com a família e confundiu a areia da praia com um pratão gigante de farofa!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu entendo muito o Kael! Farofa é vida! 😜😂

garoto confunde areia da praia com farofa
Foto: reprodução Twitter

Flavinho é uma criança de 8 anos que enfrenta câncer raro e precisa de ajuda para custear seu tratamento. Faça a sua contribuição!

Quem postou o vídeo foi o pai dele, Israel Sturne, que com certeza se divertiu com a reação do filho, ao descobrir que aquele montante de “farofa”, não era comestível.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

garoto confunde areia da praia com farofa
Foto: reprodução Twitter

Pai, adorei a praia. Tem muita farofa”, disse Kael, de 2 anos. A inocência com que ele olha para o lado, encantando com a areia da praia, é o mais maravilhoso desse vídeo.

Ao descobrir que a areia da praia, na verdade, não é farofa, ele ainda questiona: “Não pode comer, não?”. Seria um sonho, né Kael?

Você não viu o momento fofura da semana? Então olha só!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,419,547SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idoso que sofreu AVC volta a conversar após ver seu doguinho

A equipe médica conta que quando chegou, o cãozinho Phoebe abanou o rabo alegremente e depois se apoiou nas pernas de seu tutor, que não via há algum tempo.

Biomédica baiana ganha prêmio Capes de Tese por sequenciar genoma do coronavírus

O nome de Jaqueline Goes foi um dos mais importantes nessa batalha do Brasil contra o coronavírus. A biomédica baiana coordenou a equipe responsável...

Da periferia de SP para os EUA: A trajetória do estudante de medicina que virou pesquisador em Harvard

"Como médico quero defender a saúde como direito de todos e agir em sua expansão nas áreas mais periféricas. Como pesquisador, quero produzir conhecimentos que melhorem a vida diária das pessoas”.

Motoboy que levou ‘bolo’ de amigos contrata idoso que o ajudou com a reforma de sua casa

Vocês lembram da história do William Ramos, o motoboy que convidou vários amigos para ajudá-lo com a reforma de sua casa e ninguém apareceu...

Instagram