Garoto que gosta de se vestir de princesa inspira mãe a criar livro infantil

Cada vez mais somem as barreiras entre as coisas de menina e coisas de menino. Ainda bem, pois não faz o menor sentido!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E quem está ajudando a diminuir ainda mais essas diferenciações é Dyson Kilodavis, 5 anos, que adora brincar como qualquer criança, e também usar vestidos e a cor rosa.

Dyson começou a gostar da brincadeira de vestidos aos 2 anos. Como era de se esperar, os pais estranharam, porcuraram espcialistas, mas foi da boca do filho mais velho, Dkobe, 8, que Kilodavis, mãe do garoto, ouviu a reposta mais sensata: “apenas o deixe ser feliz”.

Masporque a família aceitou e compreendeu, começaria o outro problema: todas as outras pessoas em seu caminho, com olhares de reprovação.

Foi quando a mãe decidiu que precisava educar os professores e colegas se quisesse ajudar seu filho a não sofrer mais esse tipo de preconceito barato. Então ela escreveu um livro baseado em suas histórias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O livro, intitulado “My Princess Boy” (“Meu Menino Princesa”, em português), foi lançado nos Estados Unidos e já está em sua segunda edição.

Que Dyson e nem nenhuma outra criança passe um dia sem ser feliz.

princess-boy-interna

princess-boy1

princess-boy2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

princess-boy4

princess-boy5

princess-boy6

Fonte: Hypeness

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brincando com os clichês, casal faz ensaio fotográfico de cachorro no lugar de bebê

Esse é um ensaio fotográfico diferente para inspirar todos os casais que têm filhos mais que especiais, que apesar serem classificados como animais de...

Idosa de 89 anos tem Alzheimer, mas não esquece do grande amor da sua vida: seu marido!

A dona Izabel Cassiano, 89 anos, foi diagnosticada com Alzheimer há 8 anos, e mesmo com as manifestações da doença, ela não esquece do...

Venezuelanos poderão estudar na Universidade Federal de Roraima

A Universidade Federal de Roraima (UFRR) criou um programa de vagas remanescentes para os venezuelanos que chegam à Boa Vista.

Em vez de alugar um apê, assine um contrato que te permite ter moradia em qualquer lugar do mundo

Já ouviu falar do Roam? Um serviço que quer oferecer uma nova forma de morar. Uma espécie de rede de moradias compartilhadas. A ideia é como...

Jovem de 27 anos adota senhorinha de 70 que morou 60 em um hospital

Muito mais do que uma linda história de adoção!

Instagram