Menino que foi denunciado por vender água recebe apoio de internautas e vaquinha bate R$ 82 mil

E conseguimos mais uma vez! O Gabriel vendia água na rua para ajudar no sustento da família, em Mossoró (RN). Só que alguém o denunciou e o Conselho Tutelar o proibiu de trabalhar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lançamos a primeira vaquinha na Voaa para ajudá-lo a comprar uma casinha nova para ele, os irmãos e a mãe. E conseguimos arrecadar todo o valor necessário. Resolvemos aumentar a meta um pouco mais para que ele possa montar um pequeno negócio – é o sonho do Gabriel – e poder vender sem riscos.

E vocês foram super incríveis de novo! A meta da vaquinha para o Gabriel foi batida e agora é só felicidade para eles!

O vídeo do Gabriel, que chegou até a gente foi esse:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Família sonha morar longe do violência

Um dos maiores sonhos do Gabriel também tirar a família de perto do tráfico. Hoje, o local onde eles moram é muito perigoso, inclusive, o garoto já foi abordado por traficantes, que ofereceram drogas para ele vender.

A família não tem muitas condições. Toda a renda vem do Bolsa Família e dos valores que o Gabriel ganhava, vendendo suas coisinhas na rua. E esse valor ainda era muito pouco.

gabriel

Com a ajuda da vaquinha, agora a família poderá comprar uma casinha para morar, em um bairro melhor. Além disso, o Gabriel ainda colocará um comércio para vender tudo o que sempre gostou.

Só torcemos para que eles sejam muito felizes! E que possamos logo mostrar a casa nova e o comércio pronto, desse garotinho tão incrível!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se você quer continuar contribuindo por uma linda causa, temos a história da Lua, uma garotinha de 13 anos que sonha reformar sua biblioteca em comunidade do RJ. Clique aqui e contribua!

Seguimos Acreditando!

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

selo conteúdo original

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

[Nota da Redação]

Essas mulheres pegam fiações, borrachas e fios de cobre de instalações elétricas que virariam lixo e transformam tudo em lindas biojoias personalizadas.

É uma coleção mais linda que a outra!

Essa iniciativa faz parte do projeto @giro.social do Enel Compartilha Empreendedorismo @enelbrasil, que chegou no interior do Ceará para estimular a geração de renda de uma maneira mais sustentável a essas mulheres.  

Veja:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,434,652SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Hacker derruba 20% da Deep Web e consegue barrar sites de pornografia infantil

Deep Web é o nome dado para uma zona da internet que não pode ser detectada facilmente pelos tradicionais motores de busca, garantindo privacidade...

Pai solteiro que cresceu em abrigo adota 5 irmãos para evitar que fiquem separados, como ele foi na infância

O americano Robert Carter, de 29 anos, foi adotado quando tinha 12 anos e passou um período longe de seus irmãos, por isto, quando...

Tartarugas aparecem nadando em água cristalina da Baía de Guanabara no RJ

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um homem gravando um trecho da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro (RJ), tal qual...

Taxista ganha carro personalizado como agradecimento por ajudar pessoas em emergências

O indiano Vijay Thakur, de 75 anos, desistiu da sua carreira de engenheiro para ajudar pessoas que precisam chegar ao hospital a qualquer hora...

Artista transforma lajes de barracos em incríveis painéis de pintura

O artista Dágson Silva, de 28 anos, queria mudar a imagem que as pessoas se acostumaram a ter de aglomerados como o que existe...

Instagram