Gay adota neta de traficantes, e menina torna-se Mini Miss Brasil

A rotina de preparação para concursos de beleza e ensaios fotográficos passa longe da vida que Ana Clara Ferrares, de 10 anos, levava há apenas dois anos. A estudante é neta de traficantes presos no Espírito Santo e enfrentou a perda da visão do olho direito em um acidente. Hoje, ela se define como uma criança feliz, após ser adotada aos oito anos pelo missólogo Guto Ferrares, que é homossexual. Em abril deste ano, ela foi eleita Mini Miss Brasil Oficial 2013, em concurso realizado em São Paulo, uma conquista que a menina levou para o pequeno município de Aracruz, no Espírito Santo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No Espírito Santo, a oportunidade que Ana Clara teve é bem diferente da realidade de crianças com mais de três anos que esperam para ser adotadas. Em todo o estado, segundo o Tribunal de Justiça (TJ-ES), 132 crianças e adolescentes esperam por um novo lar e o número de pretendentes habilitados passa de 750, mas em geral, a adoção de recém-nascidos e menores de dois anos é preferência entre esses pais. Para incentivar essa ação, foi criada a I Campanha de Incentivo à Adoção Tardia, no município da Serra, na Grande Vitória, que acontece de 19 a 24 de maio.

O pai adotivo Guto Ferrares, de 25 anos, contou que os pais biológicos da filha eram foragidos da polícia e ela morava com os avós, em Colatina, no Noroeste do estado, mas eles tinham envolvimento com o tráfico de drogas e foram presos. Ana Clara acabou morando com vizinhos por algum tempo.

“Eu não paro para pensar que eu fiz parte da evolução dela. Penso no que construímos juntos, que ela tornou minha vida mais especial” diz Guto Ferrares, pai adotivo
541486_521011397922181_429067870_n
Para a garota, as dificuldades foram superadas com a ajuda de um grande aliado: o carinho do pai adotivo. “A adaptação foi fácil porque a minha nova família me recebeu de um jeito muito carinhoso, muito diferente do que eu recebia na vida que tinha antes. Com meu pai foi ainda mais especial, porque na verdade eu nunca conheci meu pai biológico. Ele é a pessoa mais importante da minha vida e hoje tenho uma família completa”, disse a menina.
Guto, que é homossexual, chegou a pensar que seria difícil explicar para Ana Clara que era um pouco diferente da maioria dos pais. “No início, ela não sabia o que era gay. Expliquei à ela que era um pouquinho diferente do que ela estava acostumada a ver, que não namoraria uma mulher. Acredito que a criança é o que os pais passam para ela, adquire valores. Eu sou um pai bem rígido, quero o melhor para ela, portanto em casa não existe preconceito e nem falta de educação”, falou. Vejam a reportagem:

Adoção tardia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Segundo a juíza da Vara da Infância e Juventude da Serra, Gladys Pinheiro, as pessoas dispostas a adotar querem recém-nascidos ou bebês. “Nossa cultura já está mudando, mas ainda precisamos trabalhar e repercutir a importância dessa ação com as crianças mais velhas e os adolescentes. Geralmente, elas costumam ficar em abrigos até atingirem a maioridade”, disse.

Mas essas situação não se encaixa no caso de Guto e Ana Clara. Foi de uma relação inical de amizade que surgiu o amor de pai e filha, sem se importarem se não tinham o mesmo sangue. A idade da menina, então com oito anos, não foi um empecilho. “O melhor de ser pai é poder passar todo o meu carinho e o amor para ela, e esses sentimentos não medem idade e nem deixam espaço para preconceitos”, disse.

27117_553013171388670_68368672_n 182539_483554255001229_1990671033_n

[via]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,842,344SeguidoresSeguir
24,854SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Aprenda a fazer um coletor de água de chuva que ainda te ajuda a reduzir sua conta de água em 50%

Quem mora na Grande São Paulo sabe a dificuldade de falta de água que estamos passando, e que não podemos, de forma alguma desperdiçá-la....

Após perder emprego de anos, homem se reinventa e transforma troncos de árvores em semijoias

Heinz sempre trabalhou no mundo corporativo, mas teve que se reinventar após a crise. Cynthia, sua esposa, é artista floral – tem uma loja...

Estúdio de tatuagem oferece serviço gratuito a qualquer um que doe roupas para moradores de rua

O dono de um estúdio de tattoo em Nebraska (EUA) doou milhares de dólares em serviços gratuitos de tatuagem em troca de roupas que...

Mamãe lontra pondo o filhote para ninar é a coisa mais fofa que você vai ver hoje [vídeo]

As mamães lontras cuidam dos seus filhotes até os seis meses de vida. Nesse período, os filhotes aprendem a nadar e a se alimentar....

Menino pede boneca de presente e motivo emociona: “Quero ser um grande pai como o meu”

Menina usa rosa e menino usa azul, menina brinca de boneca e menino brinca de carrinho. Para provar que isto é coisa ultrapassada e...

Instagram

Gay adota neta de traficantes, e menina torna-se Mini Miss Brasil 4