Só o amor importa: gay e solteiro, ele realizou o sonho de ter filhos adotando quatro crianças deficientes

Jack, de 10 anos, Ruby, de 7, Lily, de 5, e Joseph de 2, podem se considerar crianças muito sortudas, apesar de serem deficientes. Graças a Ben Carpenter, de 33 anos, elas possuem um lar e um pai excelente. Ben é gay e foi um dos mais jovens homossexuais do Reino Unido a adotar uma criança, em um processo que levou três anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E não para por aí: Ben pretende adotar o quinto filho.

Só o amor importa: gay e solteiro, ele realizou o sonho de ter filhos adotando quatro crianças deficientes 2

Só o amor importa: gay e solteiro, ele realizou o sonho de ter filhos adotando quatro crianças deficientes 3

Só o amor importa: gay e solteiro, ele realizou o sonho de ter filhos adotando quatro crianças deficientes 4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Só o amor importa: gay e solteiro, ele realizou o sonho de ter filhos adotando quatro crianças deficientes 5

“As pessoas me chamaram de santo e dizem o que eu faço é notável, mas eu só queria ser pai e adotar é minha forma de fazer isso acontecer. Esse é o meu destino”, falou em entrevista à publicação do jornal britânico “Daily Mail”.

Desde que foram adotadas, todas as crianças fizeram progressos significativos e surpreenderam os assistentes sociais e os profissionais da saúde. Seu amor pelos filhos motivou as crianças a se tornarem ainda mais autônomas e independentes desde as adoções.

“Me perguntam o tempo todo como consigo fazer isso. Minha mãe Rita é um grande apoio para mim e minha amiga Jeanette é uma mulher incrível e me ajuda. Também recebo apoio de uma instituição de caridade, a Adoption UK”, disse.

Para ele,  ser pai é sua vocação de vida e o fato de estar sem um namorado ou marido para lhe ajudar não é um problema.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Gosto de fazer as minhas coisas. No final do dia, tenho minha uma xícara de chá, uma fatia de bolo e não ouço ninguém roncando”, disse.

Ele também trabalha para orientar as pessoas sobre a importância da adoção.

“Celebro e promovo a adoção. É a coisa mais gratificante, satisfatória e desafiadora que eu fiz”, conclui.

Via

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: MEN MEDIA

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,274,824SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina liga para 190 pedindo cesta básica e policiais mobilizam doações

Um gesto muito bonito de policiais militares de Alpinópolis (MG) inspirou mais pessoas a ajudarem a pequena Ana Clara, 10 anos, e sua família....

Futuros médicos aprendem sobre empatia e compaixão na Unicamp

Já mostramos aqui o Museu da Empatia, na maravilhosa Londres, e agora é a vez de um projeto bem brasileiro, um curso para sermos...

15 razões para valorizarmos muito mais os nossos professores

Nesta terça-feira, 15 de outubro, comemora-se em todo o país o Dia dos Professores. A data homenageia os responsáveis pelo desenvolvimento da educação e do conhecimento,...

Animais abandonados são castrados, identificados e alimentados em Havana (Cuba)

Cerca de 30 milhões de animais, aproximadamente, vivem abandonados nas ruas do Brasil, sem qualquer tipo de amparo, segundo uma pesquisa recente. Deste total,...

Homem vira ‘manequim’ do brechó da namorada para que ela não sofra assédio

Não era para ser assim, mas parabéns ao namorado pela iniciativa.

Instagram

Só o amor importa: gay e solteiro, ele realizou o sonho de ter filhos adotando quatro crianças deficientes 6