Eles são gays, pastores, pais e consideram a Bíblia como modelo de comportamento

“Estou certo de que a Bíblia não condena os gays”, diz o pastor Marcos Gladstone, de 40 anos. Ele é casado com o também pastor Fábio Inácio, de 35 anos. Eles moram com os três filhos no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fábio explica que muitas igrejas, incluindo as evangélicas, não aceitam o casamento entre pessoas do mesmo sexo por causa de um erro de tradução da palavra “efeminado”, que no original quer dizer “mole”.

Marcos se tornou evangélico aos 14 anos, e aos 17, descobriu sua vocação. “Virava madrugadas estudando a Bíblia, adorava pregar sermões, e aos 17 anos tive certeza da minha vocação para ser pastor.”

Eles são gays, pastores, pais e consideram a Bíblia como modelo de comportamento 1

Aos 19, ele encontrou uma garota com quem namorou durante quatro anos. Seu futuro parecia estar traçado, não fosse pela atração que sentia por rapazes. “Eu sabia que isso inviabilizaria meu sonho de ser pastor e que eu jamais poderia casar com um homem. A igreja não admitia isso”, lembra.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Marcos saiu do armário durante uma visita a um amigo nos Estados Unidos, quando tinha 23 anos. Certo dia, os dois foram a uma boate gay. Marcos ficou assustado ao ver tantos homens se beijando. Tanto é que começou a fazer orações para afastar a tentação de ficar com outros homens. “Depois de muito orar, uma voz falou no meu coração: “Sua homossexualidade é pra sempre, você nasceu assim.”

Na volta para o Brasil, Marcos rompeu seu noivado. Em pouco tempo, a notícia sobre sua orientação sexual se espalhou entre os membros da igreja que frequentava. Desde então, ele nunca mais teve coragem de voltar ao templo.

Marcos começou a pesquisar informações sobre igrejas gays norte-americanas até ter a ideia de criar um site para propor uma outra maneira de ler a Bíblia.  Em 2002, ele criou um grupo evangélico para acolher homossexuais que procuram manifestar sua religiosidade cristã.

Foi em uma das reuniões do grupo, em 2005, que Marcos conheceu Fábio. Os dois começaram a se paquerar e a sonhar com uma igreja que acolhesse homossexuais. Um ano depois, o casal oficializou sua relação e fundou a Igreja Cristã Contemporânea. Em menos de 10 anos, a igreja já contava com 3 mil fiéis nos seus 10 templos – seis no Rio de Janeiro, dois em São Paulo e dois em Minas Gerais.

Eles são gays, pastores, pais e consideram a Bíblia como modelo de comportamento 2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas foi apenas em 2013 que Marcos e Fábio puderam se casar legalmente. Naquele ano, os dois já eram pais de Davison, de 14 anos, de Felipe, de 12, e da pequena Hadassa, de apenas 10 meses. Todos eles têm o sobrenome e uma certidão de nascimento com dois pais.

Leia o relato completo do pastor Marcos Gladstone aqui.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,858SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai larga profissão e vira engenheiro para construir prótese para filho que teve o braço amputado

O parto do pequeno Sol Ryan não aconteceu da melhor maneira. Ele nasceu em uma posição inadequada e com o braço esquerdo torcido. Um...

Para estimular alunos a escreverem certo e ler mais, escolas criam projeto de troca de cartas

Com o advento da tecnologia, cada vez mais crianças criam hábitos de digitar errado e, pior ainda, nem criam o costume de ler e...

Cascas de banana podem purificar águas contaminadas por metais pesados, diz pesquisa

Quem diria que as bananas poderiam ser uma excelente ferramenta para a purificação de águas contaminadas por metais pesados? Compostas de celulose, hemicelulose e lignina,...

Cientistas criam adesivo de mel que regenera pele de diabéticos em até 21 dias e evita amputação

Quem sofre com Pé Diabético sabe a complicação e o incômodo que é. A boa notícia é que pesquisadores mexicanos podem ter descoberto a...

Anônima paga refeição de 25 bombeiros como agradecimento pelo trabalho deles

Os bombeiros lamentaram por não conseguir agradecer a mulher.

Instagram

Eles são gays, pastores, pais e consideram a Bíblia como modelo de comportamento 4