“Geladeira cultural” leva leitura para crianças de comunidades carentes de Porto Velho (RO)

Alguns dias atrás, a cidade de Porto Velho (RO) ganhou um projeto de leitura chamado “Geladeira Cultural”, que busca estimular o aprendizado de crianças e adultos de comunidades periféricas da capital rondoniense.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A geladeira carregada de livros foi instalada no Orgulho do Madeira, região leste da cidade.

Agora, os voluntários responsáveis pela iniciativa pedem doações de livros para enriquecer as prateleiras da iniciativa, de modo a disponibilizar – e alcançar – mais crianças.

"Geladeira cultural" leva leitura para crianças de comunidades carentes de Porto Velho (RO)

Segundo uma das organizadoras do projeto, Luciana Bezerra, a ideia é “incentivar a leitura de crianças e adolescentes em comunidades da nossa capital”, pontuou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto também está precisando de cascos de geladeiras para que seja confeccionado mais pontos de distribuição.

"Geladeira cultural" leva leitura para crianças de comunidades carentes de Porto Velho (RO)

Para saber mais sobre a doação de cascos de geladeiras ou livros, basta clicar aqui.

Você também pode entrar em contato com os organizadores do Geladeira Cultural pelos números: (69) 9391-2610 / (69) 99368-5895.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Porto Velho Notícias (@noticiasportovelho)

Menino de 7 anos transforma geladeira velha em ‘biblioteca a céu aberto’ no Ceará

Um garotinho de 7 anos decidiu incentivar a leitura entre os moradores do Bairro Encosta do Seminário, em Crato (CE). Fernando Filho criou a Geladeira Cultural, que no lugar de guardar alimentos tradicionais, como frutas, legumes e cereais, traz um dos melhores alimentos para a alma: livros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

"Geladeira cultural" leva leitura para crianças de comunidades carentes de Porto Velho (RO) 3

Fernando teve esta ideia ao ver um geladeira com a mesma finalidade, em Chapada do Arararipe (CE). Fã da leitura, o menino contou ao Portal G1 que adultos e crianças deveriam largar seus celulares para ter um maior contato com livros e transformar o mundo em um lugar melhor.

“Quanto mais gente ler, criamos um novo futuro. Se a gente pegar um livro e largar o celular, a gente finalmente vai poder conhecer uma nova história, um novo mundo.”

Leia a história completa clicando aqui!

Fotos: Reprodução / Instagram: @noticiasportovelho

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,539SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garotos fazem crochê durante o recreio em escola de Itajaí

Já publicamos algumas vezes aqui no Razões sobre jovens e crianças que estão fazendo atividades manuais de forma exemplar, como é o caso do...

Vídeo mostrando um ‘coral sem fôlego’ surpreende a platéia

Já pensou que um coral sem fôlego pode fazer uma apresentação surpreendente? Cada vez mais, as marcas que conquistam mesmo o público são aquelas que...

Atleta paralímpico incentiva criança de 2 anos a andar com sua prótese pela 1ª vez

Blake Leeper é um medalhista paralímpico dos Estados Unidos que conquistou o coração dos internautas nessa semana. Mas não foi por causa de nenhuma...

Família adota irmãos que viviam em orfanato e seriam separados

A família deu um jeito para as crianças continuarem unidas.

Cachorro com tumor que entrou sozinho em clínica veterinária no Ceará faz sua 1ª quimioterapia e passa bem

Lembra do cachorro com tumor que entrou sozinho numa clínica veterinária? Temos boas novas! O cãozinho, que foi encaminhado imediatamente para tratamento após a...

Instagram

"Geladeira cultural" leva leitura para crianças de comunidades carentes de Porto Velho (RO) 5