Genro e sogra se unem, dão a volta por cima após perderem seus empregos e abrem restaurante juntos

Essa é uma bela prova de que a convivência entre genro e sogra não só pode ser boa, como também próspera. Depois de perderem seus empregos, genro e sogra se juntaram e foram inventando negócios até conseguirem abrir um baita de um restaurante na Vila Leste de São Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Gustavo e Marlene perderam seus empregos no início da pandemia. Ele trabalhava numa fintech e ela na confeitaria de um mercado. Sem perspectivas, eles começaram a fazer kits de festa junina com todas as delícias de São João em uma caixa e venderam muito pelas ruas de São Paulo.

O empreendimento pequenininho deu super certo, mas junho passou e, com ele, foi-se o negócio dos dois. Aí, nesse intervalo de tempo, a mãe de Gustavo teve um câncer e ele entrou em depressão.

Mas o jovem deu a volta por cima, sua mãe venceu a doença e ele pegou o dinheiro da rescisão da demissão e decidiu investir no restaurante com a sogra. E essa parceria tá indo muito bem obrigado!

Genro e sogra com fardamento de trabalho em restaurante
Gustavo e Marlene estão crescendo juntos, como genro e sogra, e como sócios. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Juntei tudo isso, comecei a trabalhar praticamente de pedreiro e mestre de obra para reformar o local de ponta a ponta e abrimos. Dei uma de arquiteto e decorador também. Foi muito difícil até inaugurarmos pois eu não tinha experiência nenhuma e enfrentava um momento de depressão e o tratamento da minha mãe. Minha mãe venceu, o restaurante abriu e eu estou me tratando aos pouquinhos e vencendo a cada dia“, disse Gustavo.

Assim como o Gustavo, muita gente sonha em recomeçar a vida. É o caso do Nilson, que perdeu os dois braços em um acidente de trabalho um dia antes do nascimento do seu primeiro filho. Agora, ele sonha conseguir próteses para retomar a vida. Fizemos uma vaquinha no VOAA. Clique e contribua!

Restaurante com mesas
Espaço ganhou o nome Mãos de Ouro, em homenagem a Dona Marlene. Foto: Arquivo pessoal

O restaurante ganhou um nome especial em homenagem a Dona Marluce, “Mãos de Ouro”. “A Marlene realmente tem mãos de ouro para cozinhar e diariamente somos elogiados“, disse o genro orgulhoso.

O restaurante fica na Avenida Itaim, na Vila Itaim, e trabalha com self service com preço fixo e acessível e comida à vontade. E tem mais: como fica numa região carente, todos os dias o local oferece marmitas a pessoas em situação de rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A minha ideia com o restaurante é muito simples. Quero ajudar minha família e voltar para a própria comunidade que são meus clientes”, contou Gustavo.

Mesa de comidas no modelo self service em restaurante
Foto: Arquivo pessoal

Dona Marluce também está feliz usando suas mãos de ouro para alimentar as pessoas da comunidade e crescer junto com o genro. “É um serviço que eu gosto de fazer, tudo que eu faço, faço com amor e carinho e fico feliz que todos estão gostando e mais feliz fico eu“, disse ela.

“Sigo superando diariamente a depressão, o câncer da minha mãe e todas as dificuldades que um jovem, preto e morador do extremo Leste encara todos os dias. Vencendo as estáticas, levantando e andando e colocando os meus onde eles merecem, no topo”, finalizou Gustavo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Homem em frente a restaurante
Foto: Arquivo pessoal

Boa sorte pra vocês!!! 👏🏼👏🏼👏🏼

Belas Histórias Merecem uma Bela Ceia

Quem lembra do Samuel? Esse menino incrível usou as redes sociais para salvar a lanchonete do pai da falência. 🥺Também reinventou o cardápio da Açaí do Careca e cadastrou a lanchonete numa plataforma de delivery.“Pra mim, Samuel é meu amigo. Colega, eu tenho muitos. Amigo, eu tenho o Samuel”, diz Marlúcio. Que sorte grande ter no seu filho, seu melhor amigo!E para celebrar esse amor entre pai e filho, a Pif Paf Alimentos em parceria com o Razões Para Acreditar preparou uma Ceia de Natal surpresa, para o Samuel e o Marlúcio. Preparem os lencinhos! ❤️

Publicado por Razões Para Acreditar em Quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Selo Conteúdo Original Razões para Acreditar

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,763,858SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino ganha prótese inspirada no Hulk e abraça irmão pela 1ª vez

Um garoto de cinco anos conseguiu abraçar seu irmão pela primeira vez após ganhar um braço protético inovador. Jacob Scrimshaw mora na Inglaterra com os...

Um livro-documentário sobre a medicina humanizada no Brasil

No Brasil, sabemos que os hospitais públicos são caóticos e hostis, e por isso muitas vezes médicos e enfermeiros tem uma relação distante com...

Mesmo sem ter as duas mãos, menina vence concurso de caligrafia nos EUA

Disseram que Anaya Ellick não conseguiria, mas ela sagrou-se bicampeã do concurso de caligrafia cursiva!

Família que andaria quase 4 mil km de Goiás à Roraima ganha passagens de ônibus

Na quinta-feira passada (30), uma família de Goiânia (GO) que iria viajar quase 4 mil km à pé de volta à sua terra natal,...

100 deficientes visuais acompanharam ‘ao vivo’ a vitória do Brasil contra a Sérvia

Cerca de 100 deficientes visuais assistidos pelo Instituto Benjamin Constant (IBC) acompanharam o jogo do Brasil contra a Sérvia, na quarta-feira (27).

Instagram