Cercas que separam Estados Unidos e México viram grande rede de vólei em festa Bi-nacional!


PUBLICIDADE ANUNCIE

As fronteiras que costumam ser palco de disputas e rivalidade no sul dos Estados Unidos e norte do México, uma vez por ano, ganham atenção ao virarem espaços de brincadeiras, esporte e interações.

As cercas e muros construídos para separar Estados Unidos de México têm ganhado outra função muito mais interessante para os locais: uma grande rede de vôlei.

Todo início de ano, entre abril e maio, as cidades-irmãs Naco (de Arizona nos Estados Unidos e Sonora no México) realizam o “Walleyball”, de forma a simbolizar a amizade e respeito entre os dois países. É o que eles chamam de “Fiesta Bi-Nacional”.

O jogo faz parte da festa desde 1979. O objetivo está longe de ser a realização de um torneio ou uma grande competição.

PUBLICIDADE ANUNCIE

“Para nós, isso representa a celebração da união de dois países”, disse José Lorenzo Villegas, prefeito da cidade mexicana Naco, para a agência Reuters em 2007. O que se pretende é promover a tolerância e solidificar as relações positivas.

Típico exemplo do limão que vira limonada, a cerca que servia para separar, agora serve para unir numa brincadeira e assim a Fiesta Bi-Nacional segue inspirando o mundo inteiro a repensar relações fronteiriças e diplomáticas.

Veja o vídeo:

Fonte: QUARTZ

Diorela Kelles, mineira, 33 anos. Vive na França, onde aprendeu o que é ser imigrante e diferente. Acredita na cura pela escrita e pelo exemplo. Cuida dos blogs Direito é Legal e Saída à Francesa.

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar