Crianças ajudam amigo com paralisia cerebral a brincar em parque aquático – veja o vídeo


Crianças ajudam amigo paralisia cerebral brincar parque aquático
PUBLICIDADE ANUNCIE

A cena doce de duas crianças brincando com um amiguinho que tem paralisia cerebral em um parque aquático tocou o coração de mais de 500 mil pessoas nas redes sociais.

Jeffrey Mackey, 6 anos, estava brincando com seus amigos no parque aquático Thunder Island, em Nova York (EUA), quando começou a ter uma crise provocada pela paralisia.

[Julio tem autismo severo e precisa ser amarrado em momentos de crise. Por falta de tratamento ele parou de falar há muitos anos e precisa de um acompanhamento em clínicas e psicoterapeutas. Queremos custear um tratamento pra ele e comprar móveis para a família viver um pouco melhor. Clique aqui e apoie.]

Normalmente sua mãe, Andrea Mackey, convida o filho a se sentar e relaxar, enquanto conversa com ele. Desta vez, os dois amigos de Jeffrey tinham tudo sob controle.

Crianças ajudam amigo paralisia cerebral brincar parque aquático

A irmã mais velha de Jeffrey, Mikaila, que compartilhou o vídeo no Twitter, escreveu: “Um dos obstáculos que Jeffrey enfrenta com a paralisia cerebral é que seus músculos se contraem tornando o ato de se locomover um pouco difícil. Hoje, na água, ele estava tendo dificuldades para nadar, mas seus amigos o tiraram de lá, e não o deixaram para trás.”

Jeffrey pode ser visto nas fotos de mãos dadas com seus amigos, Raya e Kane, ambos de 5 anos, quando os músculos de sua perna começaram a afetar sua locomoção.

Leia também: Pai dança com a filha que tem paralisia cerebral em festa junina e emociona

PUBLICIDADE ANUNCIE

Juntos, eles retornam para o quiosque onde estavam seus pais. O trio passou a tarde toda junto, sem se desgrudar em momento algum.

Crianças ajudam amigo paralisia cerebral brincar parque aquático

“Como mãe, é reconfortante saber que meu filho tem bons amigos. Isso me tranquiliza por saber que existem pessoas que se importam e cuidam dele – além de mim, é claro”, disse Andrea, mãe de Jeffrey.

Leia também: Acreana com paralisia vence falta de mobilidade e se forma em Letras

“Mesmo que eu não esteja por perto, sei que ele nunca estará sozinho. Meu coração é só alegria”, continuou.

Crianças ajudam amigo paralisia cerebral brincar parque aquático

Em meio aos problemas e adversidades do dia a dia, Andrea disse que tal atitude lhe ajudou a enxergar novamente a bondade que há no mundo.

“Acho que há tanta coisa ruim acontecendo no mundo agora, então precisava ver isso. É incrível como esses três pequenos coraçãozinhos podem me trazer tanta alegria”, afirmou.

Veja o vídeo:

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Daily Mail/Fotos: Mikaila Ryan/Twitter

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar