Dentista brasileiro é reconhecido mundialmente por resgatar sorriso de pessoas carentes de graça

Percorrendo o Brasil todo e o mundo, o dentista devolve a pessoas carentes o sorriso no rosto!


antes e depois de pessoa atendida por dentista brasileiro que atende gratuitamente
PUBLICIDADE ANUNCIE

O dentista brasileiro Felipe Rossi, 38 anos, sabe a importância de um sorriso e ao presenciar milhares de famílias carentes precisando de um tratamento dentário, ele ajudou a fundar a ONG Por1sorriso.

Felipe e sua equipe de voluntários percorrem o Brasil e o mundo corrigindo gratuitamente dentes de pessoas que não podem pagar pelo tratamento. Seu objetivo? Devolver sorrisos!

“Hoje, eu conto com um time de 40 voluntários. Cada um faz a sua parte e também cobre seus custos com as viagens até a essas regiões e tudo mais”, explicou Felipe ao Razões.

De acordo com uma pesquisa do IBGE, 11% da população brasileira não tem dente! Retratando a dura realidade de milhares de brasileiros.

Atendemos todas as idades. Cada pessoa tem uma história, sabe? Tem gente que foi agredida e perdeu os dentes. Gente que não conhece emprego por falta dos dentes. Gente que vai casar e que gostaria muito de ter os dentes. São muitas situações e histórias”, disse.

dentista da ONG Por1sorriso com crianças
Dentista brasileiro espalha sorrisos com a ONG Por1sorriso. Foto: Reprodução/Instagram @por1sorriso

Felipe relatou que o projeto tomou uma proporção que ele não esperava, e com isso, vêm mais cobranças e a consciência de que o número de pessoas necessitadas sem acesso ao dentista é maior do que imaginamos!

“Montamos o ‘consultório’ no local e atendemos as famílias. Fazemos o tratamento completo, desde restauração dos dentes até canal.”

dentista da ONG Por1sorriso com uma criança
A ONG Por1sorriso nasceu após uma viagem do dentista a Moçambique, na África. Ele e mais uma dentista começaram o projeto com uma cadeira odontológica. Foto: Reprodução/Instagram @por1sorriso

Trabalho reconhecido mundialmente

O incrível trabalho do Felipe já chegou nas mídias internacionais como o site italiano La Reppublica, o site turco Bia’caip, e até no site lituano Bored Panda. Ah, e agora a há pouco saiu também no jornal argentino Clarin!

“É lindo, e fico muito feliz de Ver que nosso caminho está sendo trilhado na direção correta. Sorrir é o direito de todos!”, escreveu o dentista em sua rede social.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Felipe Rossi 😷🇧🇷🇲🇿🇰🇪 (@drfeliperossi) em 31 de Out, 2019 às 4:04 PDT

Devolvendo sorrisos no Brasil e no mundo

O dentista relatou ao Razões que já percorreu o Brasil e o mundo com a ONG Por1sorriso, desde o Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso, a países do leste da África, como Quênia e Moçambique.

A última ação, realizada em Nova Olinda, no Ceará, contou com uma equipe de 35 pessoas – entre dentistas, médicos, ajudantes gerais e fotógrafo.

PUBLICIDADE ANUNCIE
voluntários da ONG Por1sorriso com os indígenas do Parque Indígena do Xingu
ONG atendeu o Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso. Foto: Reprodução/Instagram @por1sorriso

Hoje, a ONG se mantém com dois patrocínios de empresas que pertencem a amigos deles (que não são da área) e recentemente com a Colgate. Cada ação, que tem um custo médio de 20 mil reais, consegue atender 1.500 pessoas.

“Meu plano é profissionalizar, pois hoje somos todos voluntários. Mas precisamos contar com mais apoiadores. Desde o começo tive a força dos amigos. Fora a ONG, eu trabalho e tenho a minha clínica também”, disse.

antes e depois de pessoa carente atendida por dentista brasileiro e sua ONG
Foto: Reprodução/Instagram @por1sorriso
antes e depois de pessoa carente atendida por dentista brasileiro e sua ONG
Foto: Reprodução/Instagram @por1sorriso
antes e depois de pessoa carente atendida por dentista brasileiro e sua ONG
Foto: Reprodução/Instagram @por1sorriso

Como surgiu o projeto e as próximas missões

A ONG Por1sorriso nasceu após uma viagem do dentista a Moçambique. Ele e a dentista Marina Melo começaram sozinhos, com uma cadeira odontológica.

“O projeto cresceu demais e a responsabilidade também. Precisamos de mais apoiadores e voluntários.”

dentista com crianças do Moçambique
Foto: Arquivo Pessoal

Até o fim do ano, a ONG tem missões no Nordeste e para continuar espalhando sorrisos, conta muito com a solidariedade das pessoas. Para ajudar a ONG, você pode comprar os produtos, são camisetas, bonés e itens lindos. Acesse aqui e colabore. 

Ou você pode ser um doador mensal. Só acessar o site clicando aqui.

Educação, esporte e arte são fundamentais para a inclusão social de grupos vulneráveis, concorda? Conheça então três projetos que defendem essas causas, escolha a sua favorita, apoie e concorra a um super prêmio de R$ 1 milhão da promoção “Ganhou, Causou”, da Nestlé. Clique aqui e saiba como participar!

 

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar