Dentistas oferecem tratamento gratuito para mulheres vítimas de violência doméstica


Dentistas oferecem tratamento gratuito para mulheres vítimas de violência doméstica 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

O Brasil ocupa a 5ª posição no ranking dos 83 países mais violentos para a mulher no mundo. Em 2014, cerca de 67,2% das mulheres atendidas no SUS sofreram agressões pelo parceiro, ou ex-parceiro, ou ainda por algum parente próximo.

Sensibilizado com esse drama, o dentista Fábio Bibancos, fundador da ONG Turma do Bem, oferece, há quatro anos, tratamento integral e gratuito para mulheres vítimas de violência doméstica. A iniciativa chama Apolônias do Bem.

“A marca da violência estava na boca dessas mulheres. Sentíamos a necessidade de fazer essa nova denúncia”, conta Fábio, vendedor do Prêmio Empreendedor Social 2006.

“Depois de passar pelo tratamento, elas renascem, conseguem mastigar e comer, fora a vaidade que desabrocha de volta”, disse ao jornal Folha de S. Paulo.

Atualmente, a ONG conta com 16 mil dentistas voluntários, em 12 países da América Latina, além de Portugal. O foco é prestar atendimento odontológico gratuito a adolescentes e jovens de baixa renda.

O nome “Apolônias” é uma homenagem a uma personagem histórica que viveu em Alexandria, no Egito, e morreu em 294, depois de ser presa, espancada e ter os dentes quebrados e arrancados.

Veja o antes e o depois:

DENTISTA1

PUBLICIDADE ANUNCIE

DENTISTA2

DENTISTA3

DENTISTA4

DENTISTA5

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar