Empresário doa formatura a estudante enganados por empresa de eventos


Empresário doa formatura a estudantes de Mogi lesados por empresa de eventos
PUBLICIDADE ANUNCIE

Horas antes do evento começar, a empresa responsável pelo baile de formatura e colação de grau dos formandos do curso de enfermagem cancelou a comemoração sem dar maiores satisfações, deixando os jovens sem saberem o que fazer.

O baile e colação estavam agendados para acontecer no sábado (27), em Mogi das Cruzes (SP), mas foi desmarcado horas antes, quando os formandos e seus convidados já estavam prontos para ir.

Sensibilizado com o acontecido, o empresário Marinho Jesus, também do ramo de eventos, ofereceu uma formatura de graça aos jovens. Ele conta que é a segunda vez que faz uma boa ação do tipo: a primeira, três anos atrás, aconteceu após uma turma também ser lesada por uma empresa de formaturas.

“Nós pretendemos oferecer todos os produtos necessários para executar o evento de Mogi. Essa solidariedade é para não deixar os alunos frustrados aqui na nossa região. A nossa empresa está aqui há 20 anos e nós não gostamos que este tipo de aventureiro venha para cá e faça esse tipo de coisa”, disse o empresário.

Segundo Marinho, a nova formatura foi agendada para o dia 14 de setembro e será realizada no salão de festas da empresa, próxima à rodovia Ayrton Senna, em Itaquaquecetuba (SP), com capacidade para 600 pessoas.

Empresário doa formatura a estudantes de Mogi lesados por empresa de eventos

Dois dias após o “furo”, uma das sócias da escola de enfermagem registrou um boletim de ocorrência no 1º DP de Mogi das Cruzes.

Em uma entrevista concedida à televisão, ela contou ter sido orientada pelo delegado a juntar contratos e comprovante de pagamento para fazer o registro do caso.

Leia também: Empresário quita contas de energia atrasadas de creche comunitária em Florianópolis (SC)

PUBLICIDADE ANUNCIE

Logo após a mensagem de cancelamento do evento, a proprietária da Up Eventos não foi mais localizada pelas alunas, tampouco a escola. Os telefones da empresa não atendem e seus perfis nas redes sociais estão indisponíveis.

Entenda o caso

Cerca de 40 formandos de uma escola técnica de enfermagem de Mogi das Cruzes ficaram chocados ao descobrirem que a empresa responsável por seu baile de formatura e colação de grau não havia preparado nada momentos antes do início do evento.

Leia também: Estudante homenageia a mãe falecida em formatura levando placa dela

No dia da festa, a proprietária da empresa afirmou que o evento não seria realizado porque o buffet e a decoração não apareceram no local. A justificativa não agradou a diretora que também é uma das proprietárias da escola.

Empresário doa formatura a estudantes de Mogi lesados por empresa de eventos

“No áudio ela pede desculpas, ela fala que pessoas deixaram ela na mão. Só que os primeiros que chegaram no salão onde seria a formatura foram informados que o local não estava reservado. Ninguém aluga salão de um dia para o outro, isso se faz com um mês de antecedência. Então, ela sabia há meses que não ia dar certo”, afirmou Patricia Lima.

Ainda de acordo com a representante da escola, houve uma pesquisa antes de contratar a empresa. “Nós pesquisamos da forma que a gente conseguiu redes sociais, eventos anteriores e não tinha nada sobre a empresa que a desabonasse.”

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: G1/Fotos: Reprodução/TV Diário

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar