Marvel autoriza fã com doença terminal a assistir Vingadores 4 antes da estreia


Marvel autoriza fã com doença terminal a assistir Vingadores 4 antes da estreia
PUBLICIDADE ANUNCIE

O ator australiano Chris Hemsworth, o Thor, foi o responsável pela resposta de um emocionante pedido levantado pela internet – uma comunidade online se uniu e fez um abaixo assinado pedindo que Alexander, um rapaz de 33 anos, possa assistir o filme “Vingadores: Ultimato” antes de sua estreia, que ocorre no dia 26 de abril.

Alexander sofre de uma rara doença genética chamada Anemia de Fanconi, além de câncer na boca e no fígado. Seu grande desejo antes de falecer – o que, segundo sua família, infelizmente deve acontecer em breve, – era poder assistir a continuação de sua franquia preferida.

De acordo com o portal britânico Daily Mail, a petição chegou à mesa dos executivos da Disney e aceita pelo estúdio, que está organizando junto com a Marvel a melhor maneira de permitir que Alexander assista o filme com qualidade, e em segredo.

Marvel autoriza fã com doença terminal a assistir Vingadores 4 antes da estreia
Alexander deseja assistir a segunda parte de Vingadores antes de falecer, vítima de uma rara doença terminal. Foto: Reprodução / ScreenRant

Leia tambémEstrelas do filme Pantera Negra anunciam bolsa de US$ 250 mil para jovens mulheres

PUBLICIDADE ANUNCIE

“Eu provavelmente estarei morto até abril e já ouvi histórias de pessoas que conseguem assistir filmes antes. Não sou uma criança ou ninguém em particular com uma história trágica. Sou só um cara normal. Tenho 33 anos e perdi minha irmã há três anos para a mesma doença que tenho agora”, disse ele em uma mensagem para Chris Hemsworth.

Nas redes sociais, a hastag #Avengers4Alexander ganhou corpo e viralizou na web, permitindo que outros atores da franquia também pudessem se manifestar.

Sobre a Anemia de Fanconi

A Anemia de Fanconi (AF) é uma doença genética rara que afeta crianças e adultos de todos os grupos étnicos, em todo o planeta. Essa desordem foi nomeada pelo pediatra suíço Guido Fanconi, o primeiro a descrevê-la em detalhes.

Ela é caracterizada por anomalias no esqueleto (no cúbito e no rádio), pela incidência inusual de tumores sólidos e leucemias, alterações físicas no rim – que nascem deformados, – além de insuficiência na medula óssea progressiva e estatura baixa.

A expectativa de vida de um indivíduo com AF é de aproximadamente 30 anos. Um em cada 130.000 bebês nascidos são suscetíveis à Anemia de Fanconi.

Leia tambémRyan Reynolds realiza sonho de menino com câncer terminal que queria conhecer Deadpool

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Vírgula, WikiCommons

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar