Policial visita menino para tranquilizá-lo sobre ‘monstros escondidos’ em seu quarto

O garoto de imaginação fértil passou a se recusar dormir sozinho em seu quarto por medo de ser 'atacado' pelos monstros e vilões que acreditava estar à espreita na nova casa.


Policial visita menino para tranquilizá-lo sobre 'monstros escondidos' em seu quarto 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

Quando Hayden Williams, 6 anos, manifestou medo de dormir sozinho em seu novo quarto, sua mãe, Amanda, tentou de tudo para acalmar sua ansiedade, mas nada funcionou.

A família Williams mudou-se para uma nova casa em Eldridge, Iowa (EUA), após viverem uma década na residência anterior, onde Hayden cresceu. Desde então, ele compartilhava um quarto com sua irmã de 15 anos.

Agora, na nova casa, ele tinha um quarto inteiro só pra chamar de seu. No entanto, a novidade não foi bem recebida.

O garoto de imaginação fértil passou a se recusar dormir sozinho em seu quarto por medo de ser ‘atacado’ pelos monstros e vilões que acreditava estar à espreita.

“Eu tentei de tudo para fazê-lo dormir em seu próprio quarto”, escreveu Amanda em um post no Facebook. “Nada estava ajudando. Ele dizia que não conseguia parar de pensar nos ‘monstros assustadores’ que pairavam no quarto. Certo dia, pediu para eu chamar um policial e um médico para ajudá-lo. Isso quebrava o meu coração de mamãe”, disse.

Determinada a convencer o filho de que não havia nada a temer, Amanda o levou a uma delegacia, na esperança de que um dos policiais tivesse tempo para aliviar seus medos.

“É claro que sou uma mãe que protege ferozmente [seu filho] e garante que essas coisas não são reais”, acrescentou. “Como não o convenci de que essas coisas não existem, decidi pedir ajuda a alguém mais capacitado, talvez, do que eu.”

Policial liga tranquilizar menino medo de monstros

Policial oferece ajuda

Inicialmente, Amanda ficou receosa de que os policiais fizessem pouco caso com seu filho devido à natureza inocente do seu problema. No entanto, ao levar Hayden ao Departamento de Polícia de Eldridge, o garoto logo fez amizade com o policial Bruce Schwartz.

PUBLICIDADE ANUNCIE

O oficial ouviu a história do menino e decidiu visitar a casa da família para inspecionar o quarto e tranquilizar seu novo amigo de que não havia vilões escondidos no armário. Schwartz também confessou que tinha medo e pensamentos assustadores antes de dormir quando criança, mas ele sempre fazia esses pensamentos desaparecerem ao pensar em coisas felizes.

A inspeção do policial provou ser exatamente o que Hayden precisava; no dia seguinte, ele acordou às sete da manhã e orgulhosamente disse à mãe que havia ficado sozinho a noite toda, além de conseguir dormir tranquilamente. Não apenas isso, o policial Schwartz voltou na mesma manhã para conversar novamente com o garoto e tirar uma foto com ele antes da aula.

Leia também:

Amanda publicou uma foto de Hayden e Schwartz no Facebook seguida do relato e agradecimento ao policial por sua empatia.

“Estou muito agradecida pelo policial Schwartz ter tirado um tempo do seu dia agitado para vir conversar com Hayden”, escreveu a mãe coruja.

“Ele teve uma ótima noite, tendo dormido em paz. [Hayden] é um menininho feliz e muito vibrante. Isso também vai passar e eu estou feliz que o oficial Schwartz tenha o ajudado a superar essa fase muito normal que a maioria das crianças experimenta.”

E concluiu: “Oficial Schwartz, se você estiver lendo isso, obrigado do fundo do meu coração de mamãe. A gentileza que você demonstrou a Hayden certamente não passará despercebida e sei que ele se lembrará disso para sempre”.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: GNN/Fotos: Reprodução/Facebook

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar