No litoral de SP, quem recolher lixo da praia ganha aula grátis de stand up paddle


PUBLICIDADE ANUNCIE

Na cidade de Santos, no litoral sul de São Paulo, recolher lixo da praia não faz bem, apenas, para o meio ambiente. Mas também para o corpo. É que, por lá, os banhistas que catarem resíduos que estão largados ao léu na areia ganham uma aula de stand up paddle na faixa.

A iniciativa, batizada de Surf Limpeza, é de Daniel Frank Tomaz, artista plástico nascido na cidade e praticante de stand up. Para participar, os interessados só precisam ser conscientes: basta recolher um copo de resíduos e levá-lo à barraca de Daniel, que fica montada à beira-mar, em frente ao número 36 da Avenida Vicente de Carvalho, no bairro do Boqueirão.

Leia também: A praia dos EUA que já foi depósito de lixo, hoje tem ‘areia de vidro’ e virou área de preservação ambiental

PUBLICIDADE ANUNCIE

A “promoção do bem” acontece, há cerca de dois anos, sempre aos sábados e domingos, das 11h às 17h. E é um sucesso entre os banhistas, além de ajudar a deixar a praia mais bonita!

E não é só: para bancar financeiramente o Surf Limpeza, além de alugar pranchas de stand up paddle para quem (surpreendentemente!) não quer participar da iniciativa, Daniel também utiliza os resíduos entregues na barraca pelos banhistas para fazer esculturas que rementem à cidade de Santos. Assim, além de ajudar a limpar a região, ele também promove a consciência ambiental por meio de sua arte. É ou não é uma sacada e tanto?

Foto: Arquivo pessoal/Daniel Frank Tomaz

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar