PM consola motorista de ônibus que se envolveu em acidente em SP

Na imagem, o policial abraça o motorista em um gesto de sensibilidade, carinho e atenção.


PM consola motorista de ônibus após acidente
PUBLICIDADE ANUNCIE

Um policial militar do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) de São Paulo ficou bastante sensibilizado ao ver um motorista de ônibus chorando após ele ter se envolvido em um trágico acidente na segunda-feira (19), em Bauru (SP).

Segundo informações da PM, um motociclista teria feito uma manobra imprudente em um cruzamento, provocando a queda de uma mulher que estava na garupa. Ela caiu em direção a um ônibus que passava pela via e morreu.

Tudo aconteceu muito rápido: o motorista não teve tempo para desviar ou frear o veículo. Transtornado com a situação, o homem, que é hipertenso, desmoronou.

Aos prantos, ele foi avistado pelo cabo André, que o abraçou e lhe ofereceu consolo, em um lindo gesto de sensibilidade e empatia.

Uma foto foi tirada nesse exato momento e foi compartilhada pelo perfil oficial da PM de São Paulo no Instagram.

PM consola motorista de ônibus após acidente

De acordo com o Copom, “todos os procedimentos para o atendimento da ocorrência foram feitos”.

Leia também: Motorista de ônibus interrompe viagem para socorrer passageira em Petrolina (PE)

Pelas redes sociais, André recebeu diversas homenagens e mensagens de apoio. “Parabéns guerreiro, pela sua atitude. Debaixo dessa farda existe um ser humano humilde e sentimental”, comentou um usuário.

“Meus sentimentos pela mulher… Parabéns guerreiro pela atitude de amor ao próximo”, disse outro. “A moça que faleceu era aqui da minha cidade. Que situação triste. Deus console o motorista do ônibus, nem imagino a dor que ele sente”, lembrou uma internauta.

“Por mais atos de amor, ajudar o próximo, em apenas um abraço, não importa ser policial, médico etc. O importante é ser humano, e doer em nós a dor do outro. Que Deus console esta família, nesse momento de dor”, afirmou outro.

View this post on Instagram

MOTORISTA DE ÔNIBUS DESABA EM PRANTOS E, PELO MOTIVO, AS PALAVRAS DO POLICIAL MILITAR NÃO FORAM SUFICIENTES… Um motorista de ônibus chorava como uma criança no chão, inconsolável, completamente em choque. O Cabo André, do Copom (Centro de Operações da Polícia Militar), estava por perto (durante a DEJEM – Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar) e o abraçou, na esperança de dar algum alento. A tragédia aconteceu na última segunda-feira (18), em um final de tarde, no Centro de Bauru, quando uma motocicleta teria feito uma manobra imprudente, provocando a queda da mulher que estava na garupa. Ela caiu para o lado em que o ônibus estava — infelizmente, o acidente foi fatal. Todos os procedimentos para o atendimento da ocorrência foram feitos. O condutor do ônibus era hipertenso e viu toda a cena quando desceu do veículo. Ele desmoronou em prantos. O policial militar se sensibilizou com a situação e, para evitar outro problema, se dispôs a contribuir com o que tinha para acalmá-lo, abraçando-o com todo o coração. O Cabo André recebeu diversas mensagens de apoio pela sensibilidade demonstrada em um momento tão difícil e doloroso. . Publicado por @policiamilitarsp_oficial

A post shared by Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) on

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fotos: Reprodução/Instagram @policiamilitarsp_oficial

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar