Gerando sentimentos e produzindo neurotransmissores

Por Mara Natércia

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A física quântica, ao considerar o corpo físico como um veículo da manifestação da consciência, nos apresenta o campo das possibilidades, onde a escolha do observador define o que é manifestado. Este campo da ciência moderna fala, em relação ao corpo humano, da ocorrência de uma comunicação entre o campo sutil, a mente, e o campo material como as células e os órgãos do nosso corpo.

Esta comunicação se processa por meio dos neurotransmissores, que são substâncias químicas, criadas pelos neurônios – células nervosas, com a função de biossinalização. Eles são responsáveis por enviar informações para outras células coordenando as atividades e funções celulares.

Os neurotransmissores agem nas sinapses, estas carregam e modulam sinais entre um neurônio e outro neurônio, ou células glandulares ou musculares. As sinapses compreendem o ponto de junção dos neurônios com outras células.

Podemos denominar a sinapse como sendo uma região de comunicação entre os neurônios. Sinapse vem do vocábulo grego que significa união. Trata-se de uma ‘atividade elétrica de um neurônio distribuída por seu axônio’, onde se processa a transformação de um sinal elétrico em um sinal químico através de uma transmissão sináptica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os neurotransmissores estão divididos em três categorias: aminoácidos, peptídeos e monoaminas. Pretendo neste artigo chamar a atenção para a categoria dos monoaminas onde encontramos a dopamina, a serotonina e a endorfina.

A dopamina está diretamente relacionada à produtividade e motivação, pois é responsável pelas emoções, humor, cognição e memória. No campo físico atua no sistema nervoso central.

A serotonina e a endorfina são responsáveis por padrões de comportamento social, no campo físico está ligado ao sistema cardiovascular e endócrino. Regula o sono e a memória, bem como o bom humor.

A endorfina, neurotransmissor produzido na glândula hipófise, é responsável pelo componente anestésico em nosso organismo. Sendo endo (interno) e morfina (analgésico).

Leia o texto na íntegra em Gayatri Revista.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,824,688SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bahia lança ‘Camisa Camuflada’ em campanha pela paz nos estádios

Neste fim de semana, começou a 63ª edição do Campeonato Brasileiro de Futebol Masculino. Visando alertar os torcedores de todos os 20 clubes classificados,...

Estudantes da Etec Heliópolis criam telha ecológica a partir de fibra de coco e embalagens Tetra Pak

Nosso planeta está cheio de recursos naturais, mas que infelizmente, ainda não são muito bem aproveitados. Mas esta realidade está prestes a mudar se...

Polícias de PE constroem casa para senhora que morava em barraco coberto por plástico com dois filhos

O caso aconteceu no final do ano passado, às vésperas do natal. Nove policiais do 17º Batalhão da Polícia Militar realizaram o sonho de...

Alunos fazem vaquinha para montar bicicletários nas redodenzas da escola em SP

Os alunos da Escola Santi, no bairro do Paraíso, em São Paulo, queriam melhorar a mobilidade urbana e promover a cultura da bicicleta. Para isso, eles...

Dessalinizador de baixo custo garante água potável no semiárido nordestino

Uma nova ferramenta está à disposição para centenas de famílias que vivem no semiárido da Paraíba, conhecido pelas longas estiagens e a brutal escassez...

Instagram