Gerdau capacita jovens para o mercado de trabalho em Recife

Com o objetivo de contribuir com a inclusão social de jovens e desenvolvê-los para o mercado de trabalho, a Gerdau, em parceria com o Instituto Solidare e a Fundação Projeto Pescar, desenvolve em Recife o Projeto Pescar, por meio do qual é oferecido curso de iniciação profissional em Mecânica Industrial para jovens com idade entre 18 e 19 anos em condições de vulnerabilidade social.  Com a iniciativa, a empresa contribui com a inserção profissional dos participantes. Desde o início do projeto em Recife, a Gerdau já beneficiou 80 jovens.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Entre os meses de abril e junho, são disponibilizadas 20 vagas anualmente. A seleção é realizada por meio do Instituto Solidare, o qual busca os candidatos nas comunidades da região e, também, por interesse proativo dos jovens, que devem se dirigir diretamente à sede da ONG, localizada no bairro Coqueiral, em Recife, onde preenchem uma ficha de inscrição e realizam uma entrevista. Após as inscrições o Instituto seleciona os candidatos pelo retrato socioeconômico. Durante o curso, além das capacitações técnicas, são tratadas questões como cidadania. As aulas são ministradas de forma teórica e prática, executadas por profissionais voluntários da Gerdau e de outras empresas da região.

“Acreditamos que o fortalecimento da sociedade é algo imprescindível para o desenvolvimento sustentável das regiões onde atuamos. O apoio ao Projeto Pescar é mais uma iniciativa da Gerdau que contribui para a transformação da vida de jovens,  tornando-os aptos a ingressar no mercado de trabalho e desenvolver uma profissão que os estimule a olhar para o futuro”, destaca Eli André de Barros Filho, gestor da usina da Gerdau em Recife.

Após a conclusão do Projeto Pescar, conforme o desempenho dos participantes, a Gerdaupode convidá-los a participar do processo seletivo de seu programa Jovem Aprendiz. Atualmente, a planta de Recife conta com quatro colaboradores que ingressaram na empresa dessa forma.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O Pescar tem sido uma porta que se abre a jovens, não apenas para o mundo formal do trabalho, mas, além disso, para que se percebam como protagonistas de sua própria trajetória. Mais do que vislumbrarem uma profissão digna, experimentam uma dignidade que tantas vezes a vida lhes negou”, comenta José Marcos da Silva, presidente do Instituto Solidare.

Fotos: Divulgação

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Baseada no tema “Make Love Not War”, Axe promove Paz em Lisboa

Em Portugal, coube ao coletivo artístico Half the Pipe, a tarefa de levar essa mensagem à comunidade. O local escolhido pela Axe foi a...

O vídeo desse cachorro comemorando a chegada da neve vai te deixar encantado!

Nós brasileiros, não temos muito contato com a neve mas já sabemos que ela é mágica e vive no imaginário de muitas pessoas. Dizem...

Pai e filha colam grau e comemoram aprovação na OAB juntos

A emoção de colar grau com a filha não cabia no peito. Eles ainda comemoraram juntos a aprovação no Exame da OAB.

Pai despedido por assistir nascimento do filho recebe ajuda financeira e ofertas de emprego

Ele recebeu mais de R$ 20 mil em doações para cuidar de sua família e três ofertas de emprego.

A “saga” desse mineiro que insistiu em sorrir na sua carteira de motorista viraliza na web

O Lipe Borges passou por uma situação inusitada na hora de renovar a carteira de motorista, isso porque não queriam deixá-lo sorrir na foto de sua CNH.

Instagram