Gerente de loja ajuda a criar uma fantasia de Halloween para menino em cadeira de rodas e ainda paga por ela!

banner reservaO Halloween é um momento aguardado por todas as crianças – até para as crianças que possuem necessidades especiais e que possam enfrentar algumas dificuldades para se fantasiarem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas o Halloween desse garoto foi especialmente incrível depois que uma gerente da Home Depot, uma rede de material de construção, ajudou ele e sua mãe a construírem um traje personalizado para sua cadeira de rodas. Como se não bastasse, ela ainda insistiu em pagar tudo com o seu próprio dinheiro.

Em uma publicação do “Love What Matters Facebook”, Aimee Boyle Mcilroy agradeceu a Valerie, a gerente da loja, pela compaixão que mostrou ao filho.

Aimee e Jack, seu filho, vivem na cidade de Wake Forest, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos. Ele possui necessidades especiais e usa uma cadeira de rodas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os dois entraram no Home Depot com o objetivo de pegar uma caixa de refrigerador para usá-la para construir um carro da polícia em torno da cadeira de rodas de seu filho. Valerie, a gerente, os ajudou. Quando a mãe explicou o que ela pretendia fazer, a gerente não hesitou em começar a cortar a caixa para ela.

“já soube que Valerie era incrível quando ela se ofereceu para cortar a caixa para mim”, diz Aimee.

Valerie também examinou a loja, escolhendo materiais e itens que ela achava que ajudariam na construção da fantasia. E ela ainda pagou tudo!

Mas não acaba aí. A Home Depot promove oficinas de artesanato para crianças aos sábados, na própria loja. Mas, devido às limitações de crianças como o filho de Aimee, Valerie fez uma proposta: fazer a oficina para as outras crianças com necessidades especiais na escola de Jack, em vez de realizar na loja.

“Existem duas salas de aula para crianças especiais em sua escola e estão trazendo kits suficientes para ambas as classes”, diz Aimee.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eles vão fazer os kits e depois ter uma pequena oficina na sala de aula de Jack. Desta forma, nossos filhos pequenos especiais podem participar!”, concluiu.

Valerie desejava conseguir mais crianças com necessidades especiais para realizar as oficinas, e depois de conversar com Aimee, decidiu levar a oficina para a escola.

Gerente de loja ajuda a criar uma fantasia de Halloween para menino em cadeira de rodas e ainda paga por ela! 3

Via

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Aimee Boyle Mcilroy

barra reserva

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,858SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Médico abre consultório e carrega paciente no colo pelo estacionamento com neve

"Graças a ele, minha mãe poderá ver a magia do Natal."

Conheça Ingrid, a garçonete que fala três línguas e canta para os clientes

Com apenas 21 anos, Ingrid Silva já viveu no exterior, passou fome, foi atropelada, teve problemas sérios de saúde e na vida pessoal, e chegou...

Criança de comunidade carente improvisa quadra no quintal de casa

O jovem Pablo Maia, de apenas 9 anos, sonha em se tornar um grande jogador de tênis quando crescer. Para poder treinar, ele improvisou...

Na primeira audição no X Factor ele não foi pois o casamento do seu irmão era no mesmo dia. Foi a melhor escolha de...

O carpinteiro Daryl Markham, 40 anos, sempre teve o sonho de cantar, mas sempre deixou de lado sua paixão por diversos fatores. Ele chegou...

Campanha divulga filme brasileiro com atores com Síndrome de Down

O Ariel quer que o Sean Penn, seu ator favorito, venha para a estreia do seu filme Colegas no dia 1º de março nos...

Instagram

Gerente de loja ajuda a criar uma fantasia de Halloween para menino em cadeira de rodas e ainda paga por ela! 4