Gerente Farmacêutica oferece ajuda e idosa aprende a mexer no celular para falar com irmã distante (SP)

Em homenagem ao Dia do Farmacêutico, 20/01, vamos contar a história da Débora Ferreira, gerente farmacêutica de uma unidade da Droga Raia, em São Paulo. Mais do que ir além da sua obrigação, ela agiu com o coração!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A dona Luiza, de 70 anos, e o esposo, de 75, são clientes da farmácia há algum tempo. Gostam tanto do atendimento que, mesmo morando em um bairro distante, aparecem por lá sempre que precisam.

Numa dessas visitas, Débora perguntou com quem eles passariam uma data comemorativa. Dona Luiza e o marido moram sozinhos e sem parentes próximos. Então, seriam só eles dois mesmos.

gerente farmacêutica em corredor de fraldas da droga raia
Profissional e ser humano incrível, né? Foto: Débora Ferreira/Arquivo pessoal

Conversa vai, conversa vem, dona Luiza revelou que tem uma irmã que vive nos Estados Unidos, mas com quem não falava há anos. Isso porque custa caro uma ligação de telefone fixo e também por não saber usar aplicativos de mensagens no celular, como WhatsApp..

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Então, eu falei, ‘vamos fazer assim, antes de eu ir para o trabalho, passo na sua casa e te ensino a mexer no celular”, lembra Débora.

Porém, o plano acabou não dando certo. Mas pensa que Débora desistiu de ajudar a dona Luiza? Nada disso! Ela fez questão de indicar um amigo da sua confiança, o Matheus, pra ensinar a idosa e assim foi.

Dona Luiza voltou a falar com a irmã distante e, desde então, sua vida mudou, pra melhor: “Até hoje ela é agradecida. Isso mudou a vida dela, ainda mais porque ela tem depressão”, diz.

“Professor” foi contratado pela farmácia

Modesta toda vida, Débora diz que não fez nada de extraordinário, mas que ser solidário faz parte da cultura da empresa.

“É muito legal saber que eu pude ajudar e agradeço à Droga Raia por ter plantado em mim esse propósito, que é cuidar de perto, de todo mundo, em todos os seus momentos de vida, independente se for dentro ou se for fora da farmácia”, afirma.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E sabe o amigo da Débora que ensinou a senhorinha a usar o Zap? Ele mostrou a mesma atenção e carinho valorizados pela empresa no atendimento ao cliente. Débora não pensou duas vezes e o indicou para trabalhar na farmácia. O rapaz foi contratado e hoje é atendente.

atendente droga raia ao lado de casal de idosos
Matheus agora trabalha na Droga Raia. Foto: Débora Ferreira/Arquivo pessoal

Demais, não é mesmo?

No final, Débora não mudou uma, mas duas vidas! 👏

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

banner patrocinado

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Gerente Farmacêutica oferece ajuda e idosa aprende a mexer no celular para falar com irmã distante (SP) 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,086,633SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

ONU usa energia solar para levar água potável a refugiados rohingya

Em acampamentos de refugiados rohingya em Cox’s Bazar, Bangladesh, os primeiros cinco sistemas de água potável movidos a energia solar estão agora operando com...

Motorista de caminhão de coleta de lixo resgata cachorro que encontrou em mochila descartada

Aaron Kinsel é motorista de uma empresa de coleta de lixo na cidade e seguia seu trajeto de todas as manhãs em Cincinnati, Ohio...

Filha ensina pai a tirar selfie sem imaginar que ele viraria uma sensação na internet

Quem vê as fotos com seus amiguinhos de quatro patas nem imagina que ele é um novato na arte das selfies.

Orangotango dá a mão para ‘salvar’ homem de lago infestado por cobras

A foto de um orangotango oferecendo a mão para retirar um homem de dentro de um lago infestado por cobras viralizou nas redes sociais. Capturada...

Fisioterapeuta cria adequador de postura de baixo custo para crianças com doenças congênitas

Feito de papelão, fita adesiva, cabo de vassoura e espaguete de piscina, o adequador ajuda no desenvolvimento motor e cognitivo dessas crianças através do brincar.

Instagram

Gerente Farmacêutica oferece ajuda e idosa aprende a mexer no celular para falar com irmã distante (SP) 4