Cientistas criam glitter “vegano” feito de celulose que brilha sem poluir o meio ambiente

Muito utilizado na decoração, em trabalhos artísticos e nas festas de Carnaval, o glitter é composto por microplásticos, alumínio e óxidos metálicos nem um pouco benéficos para a nossa saúde – e menos ainda para o meio ambiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aquelas partículas brilhantes que grudam até na alma não são biodegradáveis e prejudicam a fauna marinha: qualquer ser vivo que ingira o material em grande quantidade pode morrer, uma vez que o glitter não é metabolizado pelo organismo.

Levando em conta esse problemão ambiental, diversos institutos e pesquisadores mundo afora têm buscado desenvolver alternativas ao glitter tradicional.

Recentemente, uma dessas opções – 100% biodegradável e “vegana”, – foi apresentada pela Universidade de Cambridge, no Reino Unido, feita de celulose, um material encontrado nas células de plantas, vegetais e frutas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Será igualmente irritante, mas não prejudicará o planeta e é seguro para os seus filhos”, brincou Silvia Vignolini, professora do Departamento de Química de Cambridge.

Os pesquisadores do departamento explicaram em um artigo que o processo de criação do glitter vegano é feito através de nanocristais, permitindo que a camada semelhante a um filme passe por um processo conhecido como “coloração estrutural”.

Trata-se de um fenômeno visto nas asas brilhantes das borboletas, que força a luz que entra no nanocristal para se espalhar de maneiras diferentes, cada uma emitindo uma cor única.

Um ponto positivo para esse material é que, além de ser ecologicamente correto, ele também consome menos energia para ser produzido do que a versão “tradicional”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Os pigmentos convencionais não são produzidos de forma sustentável. Eles penetram no solo, no oceano, e contribuem para um nível geral de poluição”, explica Vignolini. “Os consumidores estão começando a perceber que embora glitter seja divertido, ele também traz danos ambientais reais”, completou.

Para o próximo ano, os pesquisadores mantém a confiança de que a produção de glitter sustentável pode ser aumentada. “Acreditamos que este produto pode revolucionar a indústria de cosméticos, fornecendo um pigmento e purpurina totalmente sustentável, biodegradável e vegan”, finalizou o comunicado.

Assista ao vivo os ganhadores do Prêmio Razões para Acreditar, dia 07/12 às 18h! Ative as notificações clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: B9
Fotos: Universidade de Cambridge

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,956,757SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Enfermeira adota homem autista com doença cardíaca para salvar sua vida

Jonathan precisava urgentemente de um transplante de coração, mas ele não era aceito na lista de receptores para transplantes porque não tinha quem cuidasse dele depois.

Realidade virtual distrai crianças na hora da injeção ao ponto delas não perceberem a picada

O medo e o choro dão lugar à diversão e ao entretenimento em campanha realizada pelos laboratórios Hermes Pardini.

Clínica de fisioterapia móvel em ônibus já atendeu mais de 70 mil pacientes de baixa renda

Aos 55 anos, Maria de Las Gracias transformou um ônibus, que por fora você não dá muita coisa, em uma clínica de fisioterapia móvel para...

[VÍDEO] Emocionado, jornalista da GloboNews conta que Paulo Gustavo o ajudou a se assumir gay para a mãe

O jornalista e apresentador do GloboNews Em Pauta, Marcelo Cosme, fez um desabafo emocionante sobre como o humorista Paulo Gustavo o ajudou a contar...

Vídeo mostra cães felizes nas janelas dos carros

Dogs in cars, um vídeo produzido por Keith Hopkins traduz perfeitamente o sentimento de alegria demonstrado e transmitido pelos cães ao colocarem seus focinhos...

Instagram