Google Brasil lança programa para ajudar mulheres da periferia a mudarem suas realidades

Estivemos no lançamento do programa Womenwill, da Google Brasil, para capacitar mulheres brasileiras que moram nas periferias do país e ajudá-las a criar suas próprias oportunidades econômicas, tornando-as confiantes e habilitadas para aproveitar todo o potencial do digital, seja iniciando um empreendimento, mudando de carreira ou encontrando um emprego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Brasil é o quinto país a receber a iniciativa, em 2017, eles fizeram um programa piloto com 100 moradoras de Paraisópolis e Brasilândia, em São Paulo, para entender quais são as necessidades reais e construir um treinamento relevante e efetivo. A experiência foi registrada em um documentário produzido e dirigido pela Hysteria, braço feminino da Conspiração Filmes e pode ser vista aqui:

Em 2018, o projeto acontecerá mensalmente no Campus São Paulo e as inscrições podem ser feitas aqui. Serão 16 horas de treinamento, divididas em dois dias, focando especialmente em grupos femininos de minorias, como mães solo, mulheres transgêneros ou que tenham alguma deficiência. Esse conteúdo também será disponibilizado ao vivo no YouTube, sendo que o objetivo este ano é capacitar 10 mil mulheres, com um foco bastante forte nas mulheres do Nordeste.

Cenário brasileiro

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando o assunto é desigualdade econômica, o Brasil está em 91º lugar de 144 países no relatório de desigualdade de gênero elaborado pelo Fórum Econômico Mundial em 2016. Essas distâncias foram ressaltadas devido à crise econômica e política que o país tem enfrentado nos últimos anos. Prova disso é o fato do desemprego entre as mulheres ser 30% maior na comparação com os homens.

Melhorar as habilidades das mulheres para lidar com o mundo digital ajudaria a alcançar igualdade no trabalho 40 anos mais rápido, segundo a consultoria Accenture. Por isso, conectá-las ao mundo on-line e fornecer as ferramentas necessárias para que possam usufruir ao máximo do digital é essencial para reverter o cenário brasileiro.

Investir na formação das mulheres é incentivar que encontrem novas oportunidades de trabalho, melhorem suas carreiras e abram seus próprios negócios. Além disso, é uma maneira de garantir crescimento para o país, pois o PIB poderia ser 30% mais alto se as mulheres participassem do mercado de trabalho na mesma proporção que os homens.

A hora é agora! Google Brasil WomenWill

Google Brasil WomenWill

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Comecei lavando louça, agora sou auxiliar de cozinha no restaurante”: projeto abre portas para mercado de trabalho

O curso, que capacita pessoas para trabalhar na área de gastronomia, lança um olhar mais consciente para a cozinha, evitando o desperdício de alimentos.

Professora ajuda jovem da periferia de Belém a passar no vestibular e dá lição inspiradora

“Se eu tivesse aceitado o celular ou isentado ele de toda a mensalidade, ele não seria a história que ele é hoje.”

Menino cadeirante que sonha ser policial ganha surpresa em Aracaju

A fanpage do Aracaju Agora Notícias publicou uma história sensacional, que fazemos questão de mostrar aqui. A Polícia Militar de Sergipe, por meio da Companhia...

Projeto Tamar celebra 40 anos de fundação com 40 milhões de tartarugas soltas

Estima-se que apenas 1 em cada 1000 tartarugas marinhas chegam à fase adulta, isto é, quando atingem os 30 anos de idade. Assim, a...

Rapaz com Síndrome de Tourette encanta e emociona no X Factor

Esse simpático rapaz, de apenas 16 anos, chama-se Carlos Guevara e sofre de Síndrome de Tourette, uma desordem neurológica ou neuroquímica caracterizada por tiques,...

Instagram