Grupo de guerrilha agrícola está secretamente transformando árvores ornamentais em frutíferas

Árvores frutíferas não precisam ser exclusividade de cidades do interior, agora elas estão invadindo os espaços urbanos.

Lançado em 2011, o grupo conhecido como Guerrilla Grafters  vem secretamente (e ilegalmente) modificando árvores ornamentais ao longo das ruas de São Francisco.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Estes amantes de fruta tornaram como sua missão enxertar ramos frutíferos nas árvores que margeiam a cidade, um esforço para promover um ambiente mais sustentável.

Em muitas cidades, os planejadores urbanos afirmam que não utilizam árvores de fruto como uma medida preventiva contra a bagunça que se acumularia com frutos caídos e a possibilidade de atrair insetos.

E enquanto as autoridades da cidade veem as árvores como um incômodo, este grupo rebelde agrícola vê uma chance de oferecer uma nova pêra ou maçã para quem passeia por lá.

Segundo o site deles, o grupo enxertou cerca de 50 árvores na Área da Baía.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O processo de enxerto é bastante simples, basta pegar um ramo de uma árvore de fruta, inseri-lo em um corte na árvore hospedeira e prendê-lo com fita adesiva.

O grupo opera sob o slogan que visa transformar as “ruas da cidade em florestas de alimentos, e desvendar a civilização um ramo de cada vez.”

Embora, tecnicamente, ser contra a lei o que eles fazem, esse movimento radical, mas pacífico é um passo na direção certa, trabalhando para fazer comida fresca e saudável acessível a todos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: My Modern Met

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,500,572SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto que sofreu bullying no 1º dia de aula é acolhido por veteranos

Cale Wrenn, 14 anos, sofreu bullying no seu primeiro dia de aula na nova escola. Mas logo ele foi acolhido pelos veteranos do ensino médio: "Foi muito bom saber que existem pessoas que se importam".

Tinder para animais conecta pets abandonados com pessoas interessadas em adotar

Se hoje é possível encontrar um amor através de aplicativos como o Tinder, por que não encontrar nosso futuro pet? Foi a partir deste...

Amazon cria abrigo de sem tetos dentro de sua nova sede

A Amazon, uma das maiores empresas de e-commerce mundial, começará a construir esse ano, em Seattle, onde fica sua sede, um abrigo que ficará...

Juventude sem-teto LGBT encontra ajuda e aceitação em comunidades online

Quase 40% dos jovens sem-teto do país se identificam como LGBT, e estes números estão crescendo. À medida que mais e mais jovens se assumem cada...

Cabra se recusa a comer depois de ter sido separada de seu melhor amigo, um burro

A cabra chamada Mr. G chegou ao Animal Place’s Rescue Ranch, na Califórnia, totalmente mal. Não comia há seis dias e só ficava em um...

Instagram