Grupo distribui caixas com livros infantis na Zona Norte do Rio

Caixotes de feira, pintados pelas próprias crianças com a ajuda de voluntários do projeto Caixolas da Alegria, têm sido transformados em pequenas bibliotecas infantis, que já ocupam dez pontos nos bairros Irajá e Colégio, na Zona Norte do Rio. Desde abril, o grupo conseguiu captar 300 livros doados para montar as caixas, que são reabastecidas com novos exemplares todos os sábados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi trabalhando com recicladores, no entorno do Ceasa, que Marianna Valente, 36 anos, socióloga formada pela Uerj, observou a falta de acesso à leitura das crianças que viviam na região. “Vi muitas crianças na rua, desenvolvendo suas próprias brincadeiras enquanto os pais trabalhavam. Foi então que tivemos a ideia de unir reciclagem com livros infantis”, diz Marianna.

Crianças participam de oficina de reciclagem das caixolas
Crianças participam de oficina de reciclagem das caixolas

A reciclagem é parte da vida das crianças da região. E são elas que fabricam as ‘caixolas da alegria’ com tintas, canetas, papéis e grampeadores. “Fazemos as oficinas, uma vez ao mês, com grupos de até 10 crianças. Isso gera uma sensação de pertencimento a elas. Sabem de onde as caixolas partem”, explica Marianna.

Caixolas prontas, é hora de abastecê-las com livros infantis e também juvenis. As minibibliotecas ficam durante toda a semana em pontos como escolas, clubes e até salões de beleza. Os voluntários passam para reabastecê-las a cada sábado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

grupo distribui caixas livros infantis zona norte rio de janeiro
Marianna em um dos pontos no Irajá onde há Caixolas da Alegria

As crianças têm livre acesso e podem escolher e levar para casa o livro que desejarem. “Tivemos o receio de que uma criança pudesse, de uma vez só, pegar dez livros. Mas não é o que tem acontecido”, conta Marianna.

A única contrapartida que o projeto pede aos usuários é que marquem nas redes sociais as fotos que fizerem com os livrinhos com a hashtag #caixolasdaalegria para que a ideia seja espalhada e novos pontos possam ser criados. Afinal, todos os livros provêm de doações.

Gostou desta ideia e quer fazer uma doação? É possível entregar os livros diretamente na sede do projeto (Estrada do Barro Vermelho, 1.866, Colégio – Clube Colégio F.C) ou ligar para o grupo (tel: 99103-3482) e combinar com um dos voluntários o local onde os livros podem ser recolhidos.

Outra forma de participar é se tornando voluntário. As reuniões são mensais e as atividades realizadas são ajudar nas oficinas de reciclagem das caixolas, contar histórias para as crianças e recolher doações de livros. Para participar do grupo basta se inscrever pelo site Atados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Arquivo pessoal

Conteúdo do Rio de Boas Notícias, site parceiro do Razões.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,855FãsCurtir
1,929,288SeguidoresSeguir
9,418SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Saiba como preparar solução diluída de água sanitária que mata o coronavírus

A diluição de uma pequena quantidade de água sanitária em água potável elimina o novo coronavírus (Covid-19) de qualquer superfície contaminada. Quem explica é Jorge...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Instagram