Grupo distribui caixas com livros infantis na Zona Norte do Rio

Caixotes de feira, pintados pelas próprias crianças com a ajuda de voluntários do projeto Caixolas da Alegria, têm sido transformados em pequenas bibliotecas infantis, que já ocupam dez pontos nos bairros Irajá e Colégio, na Zona Norte do Rio. Desde abril, o grupo conseguiu captar 300 livros doados para montar as caixas, que são reabastecidas com novos exemplares todos os sábados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi trabalhando com recicladores, no entorno do Ceasa, que Marianna Valente, 36 anos, socióloga formada pela Uerj, observou a falta de acesso à leitura das crianças que viviam na região. “Vi muitas crianças na rua, desenvolvendo suas próprias brincadeiras enquanto os pais trabalhavam. Foi então que tivemos a ideia de unir reciclagem com livros infantis”, diz Marianna.

Crianças participam de oficina de reciclagem das caixolas
Crianças participam de oficina de reciclagem das caixolas

A reciclagem é parte da vida das crianças da região. E são elas que fabricam as ‘caixolas da alegria’ com tintas, canetas, papéis e grampeadores. “Fazemos as oficinas, uma vez ao mês, com grupos de até 10 crianças. Isso gera uma sensação de pertencimento a elas. Sabem de onde as caixolas partem”, explica Marianna.

Caixolas prontas, é hora de abastecê-las com livros infantis e também juvenis. As minibibliotecas ficam durante toda a semana em pontos como escolas, clubes e até salões de beleza. Os voluntários passam para reabastecê-las a cada sábado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

grupo distribui caixas livros infantis zona norte rio de janeiro
Marianna em um dos pontos no Irajá onde há Caixolas da Alegria

As crianças têm livre acesso e podem escolher e levar para casa o livro que desejarem. “Tivemos o receio de que uma criança pudesse, de uma vez só, pegar dez livros. Mas não é o que tem acontecido”, conta Marianna.

A única contrapartida que o projeto pede aos usuários é que marquem nas redes sociais as fotos que fizerem com os livrinhos com a hashtag #caixolasdaalegria para que a ideia seja espalhada e novos pontos possam ser criados. Afinal, todos os livros provêm de doações.

Gostou desta ideia e quer fazer uma doação? É possível entregar os livros diretamente na sede do projeto (Estrada do Barro Vermelho, 1.866, Colégio – Clube Colégio F.C) ou ligar para o grupo (tel: 99103-3482) e combinar com um dos voluntários o local onde os livros podem ser recolhidos.

Outra forma de participar é se tornando voluntário. As reuniões são mensais e as atividades realizadas são ajudar nas oficinas de reciclagem das caixolas, contar histórias para as crianças e recolher doações de livros. Para participar do grupo basta se inscrever pelo site Atados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Arquivo pessoal

Conteúdo do Rio de Boas Notícias, site parceiro do Razões.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,491,052SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina confunde creme depilatório com gel de cabelo e ganha penteado de “calvície”

A mãe da Maisie Saward, de 1 ano e 6 meses, deve ter tido um misto de graça, desespero e loucura quando viu o...

Cabra que sofre de ansiedade só fica calma com fantasia de pato

É só vestir a fantasia de pato que a cabra Polly fica "zen e relaxada".

Bar de São Paulo vai transformar bitucas de cigarro em pranchas de surfe

Os clientes e entusiastas da ideia podem deixar os cigarros nos reservatórios espalhados pelo bar, que posteriormente serão destinados para reciclagem.

Adobe renova gratuitamente plano de estudante que relatou ‘erro’ da empresa

A Adobe pagou mais um de plano para a estudante. Após informar o 'erro' à empresa, no final, ela acabou ganhando a renovação do plano.

Estudante de Eldorado do Sul (RS) é selecionada para curso da Nasa nos Estados Unidos

Isadora Stefanhak Costa Arantes tem apenas 17 anos e nem terminou o ensino médio ainda, mas já carrega um currículo de gigante! A sua...

Instagram