Harvard desenvolve vacina contra câncer agressivo com 100% de eficácia

Pesquisadores do Harvardd’s Wyss Institute desenvolveram uma vacina personalizada contra o câncer agressivo, testada e com 100% de eficácia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A “vacina implantável” tem o tamanho de uma aspirina e é colocada próxima ao tumor. Após sua aplicação, a vacina reprograma o sistema imunológico para atacar as células cancerosas no corpo do paciente.

Resultados promissores

Em laboratório, 100% dos camundongos com câncer de mama triplo-negativo que receberam a vacina sobreviveram, enquanto todos os outros camundongos não tratados morreram.

“O câncer de mama triplo-negativo não estimula respostas fortes do sistema imunológico e as imunoterapias existentes não conseguiram tratá-lo. No nosso sistema, a imunoterapia atrai várias células imunológicas para o tumor, enquanto a quimioterapia produz um grande número de fragmentos de células cancerosas mortas que as células imunológicas podem pegar e usar para gerar uma resposta específica do tumor eficaz “, explicou o co-primeiro autor Hua Wang.

Harvard desenvolve vacina contra câncer agressivo com 100% de eficácia 2
A “vacina implantável” é do tamanho de uma aspirina. Foto: Reprodução/Harvard

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Resposta personalizada

A vacina é baseada em biomaterial e une a efetividade da quimioterapia e a eficácia a longo prazo da imunoterapia.

A quimioterapia com o novo tratamento produz grandes quantidades de fragmentos de células cancerosas mortas que o sistema imunológico do paciente pode usar para gerar uma reposta personalizada.

Para melhor sua eficácia, os pesquisadores adicionaram à vacina fitas de DNA sintético que potencializam a resposta imunológica, impedindo que células cancerosas se escondam do tratamento. 

“Um dos fatores limitantes críticos no desenvolvimento de vacinas contra o câncer é a seleção de antígenos associados ao tumor, porque atualmente temos apenas uma biblioteca muito pequena de antígenos conhecidos para algumas linhas de células tumorais específicas”, afirma outro pesquisador envolvido no estudo, Alex Najibi.

Ajude Instituto Pequenos Anjos ter sua van para levar crianças com câncer aos hospitais. Faça sua doação!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Próximos passos

Ainda serão exploradas novas combinações de quimioterapia com vacinas contra o câncer para melhorar sua eficácia antitumoral para outros tumores de difícil tratamento. Os pesquisadores estão esperançosos e esperam o surgimento de novos estudos para compreender e otimizar o sistema, para então ser testado em pacientes humanos.

Veja o vídeo:

Fonte: OLHAR DIGITAL

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,271,435SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Rihanna recebe prêmio humanitário em Harvard e faz discurso surpreendente

A cantora Rihanna, 29 anos, mostra que vai muito além dos palcos, e recebeu prêmio de ativista do ano de 2017. Rihanna nunca fez curso superior,...

Você teria coragem de sentar no cinema do lado desses caras?

Uma sala de cinema repleta de motociclistas tatuados, bad boys, homens bombados mal-encarados e apenas 02 lugares sobrando! Esse foi o ambiente criado pela...

Empresa de engenharia alfabetiza funcionários e ensina informática

Uma empresa que atua há mais de 36 anos na construção civil e acredita no reconhecimento e valorização do seu time, a MPD Engenharia...

Häagen-Dazs põe fim à parceria antiga em busca de agência com mais inclusão de gênero

A marca norte-americana de sorvetes Häagen-Dazs, até então assessorada pela agência global de comunicação e publicidade Saatchi & Saatchi, decidiu encerrar a parceria de longa data...

Homem quebra chão da casa para salvar gatinha presa durante chuva

O rapaz pegou um martelo e bateu fortemente no chão perto do local de onde a gata não parava de miar pedindo socorro.

Instagram

Harvard desenvolve vacina contra câncer agressivo com 100% de eficácia 4