A incrível história de superação de um jovem expulso de casa por ser gay

Clique e ouça:

Assim como acontece com muitos jovens (infelizmente), a família de Luan Salazar não aceitou o fato de seu filho ser gay. Se antes ele vivia com os pais em Belém, no Pará e tinha a faculdade paga por eles, tudo mudou quando eles descobriram sua sexualidade. Mas esta é uma história de superação, já que hoje, ele e seu namorado Dhemes construíram um lar, empreenderam e o mais importante: são muito felizes juntos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No entanto, engana-se quem pensa que o percurso até aqui foi fácil. A começar pelo fato de ter sido expulso de casa e ter que recomeçar sua vida do zero sem o apoio da família,  no início o casal passou por diversas dificuldades, que no fim das contas, só serviram para fortalecer o amor que há entre eles.

Foto: Instagram

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

Logo que Luan foi expulso de casa, ele já namorava Dhemes há algum tempo e juntos tinham uma loja de acessórios e roupas online. Já que Luan não tinha mais sua faculdade, eles decidiram passar um tempo em Florianópolis, mas acabaram voltando para Belém porque estavam decididos a abrir uma loja física. De fato, eles abriram, mas eis que veio mais uma provação: eles levaram um golpe e perderam tudo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desiludidos, os jovens perceberam que era a hora de mudar de cenário e foram tentar a vida em São Paulo, mas não contavam que Dhemes apresentaria início de depressão. Foi então que, mais uma vez, eles voltaram para sua terra natal – Belém.

jovem gay expulso de casa 1
Foto: Instagram

Neste período as coisas pareciam, finalmente, estar dando certo. Eles conheceram gente nova, fizeram novos amigos, trabalharam e conseguiram juntar um dinheirinho. Entretanto, a história não acaba aí!

Luan e Dhemes acabaram de voltar para São Paulo, onde montaram uma agência de viagens – a Ludhe Trips, uma junção do nome de cada um. Porém, Luan deixa claro que as coisas não são tão fáceis como possam aparentar nas redes sociais: Não é fácil ver que seus irmãos ganham e você não! Pelo simples fato de você amar uma pessoa do mesmo sexo. Mas, somos mais fortes que tudo isso”.

jovem gay expulso de casa 2
Foto: Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em plena pandemia do coronavírus, eles chegaram com a coragem nas costas em uma das maiores metrópoles do mundo. Se São Paulo é conhecida como a terra das oportunidades, a vida na selva de pedra não é fácil, sobretudo quando não conhecemos ninguém. Mas isto não parece ser um problema para os jovens, que através de sua história dão um lindo exemplo de resiliência. Leia o relato na íntegra abaixo:

 

View this post on Instagram

 

SENTA QUE LÁ VEM HISTÓRIA ❤️🧡💛💚💙💜🏳️‍🌈 Sejam bem vindos ao nosso lar! estamos recomeçando pela 3ª vez. Talvez você se pergunte: “nossa, pela 3ª vez?” – SIM!!! Antes de eu namorar um menino e ter sido arrancado do “armário”… Eu levava uma vida tranquila, tinha onde morar na “casa dos meus pais” e tinha minha faculdade paga por eles. E desde que eu fui colocado contra a parede para “confessar” que eu era gay e namorava um menino. E eu disse que sim, tudo na minha vida mudou! Eu não tinha mais onde morar “fui expulso” & perdi minha faculdade. Foi então que eu comecei a me virar, e graças a Deus eu não estava sozinho, eu e meu namorado tínhamos uma marca de acessórios/roupas online e decidimos passar um período em Florianópolis. Mas acabamos voltando para Belém porque queríamos abrir uma loja. Depois que abrimos, Levamos um golpe e perdemos tudo! E então decidimos tentar a vida em São Paulo! passamos um bom tempo, e o @dhemessearom entrou em princípio de depressão e decidimos voltar para Belém. Foi um período muito bom, pois ele melhorou e eu tive alguns trabalhos legais,e conheci pessoas novas. E hoje estamos de volta nessa Cidade gigantesca , recomeçando novamente.. e sinto que dessa vez vai! 🙏🏼 Não é fácil ter que escolher entre pagar um aluguel ou fazer uma faculdade! Não é fácil ver que seus irmãos ganham e você não! Pelo simples fato de você amar uma pessoa do mesmo sexo. Mas, somos mais fortes que tudo isso. E tudo o que passamos em nossa vida levamos como aprendizado. Não mostro aqui, mas sempre que podemos fazemos uma sacolinha de lanche e doamos para moradores de rua, queremos apenas plantar o BEM 💙 Somos fortes, e vocês também! Independente do que você esteja passando, seja forte e conte comigo. Tudo o que eu sou hoje é graças a vocês pimpolhos, quero poder sempre levar alegria na vida de todos! Nessa nova fase vou mostrar um pouco mais da minha vida “diariamente” para vocês, mandem boas energias para nosso novo lar, vamos deixar ele a nossa cara e mostrar tudo pra vocês💕 Que sempre tenhamos @razoesparaacreditar 🙏🏼🥰 + AMOR – ÓDIO #ludhe

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by PIMPOLHO🕺🏻 (@luansalazarr) on

 

Fotos: Instagram

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

 

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,026,578FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,993SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram