Histórico: criança é autorizada pela Justiça brasileira a trocar de nome e gênero

Hoje com 9 anos, os pais de Leandro entraram com uma ação na Justiça para o filho mudar sua identidade de gênero e tornar-se mulher legalmente em 2012. O caso aconteceu na cidade de Sorriso, no Mato Grosso, a 420 km da capital Cuiabá.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pela primeira vez na história do país um juiz concede a uma criança o direito de modificar seu nome e gênero em seus documentos.

genero-INT-e1454412594748

O juiz Anderson Candiotto declarou que o comportamento e a aparência da criança eram evidentemente femininos. Além disso, laudos e avaliações psíquicas foram emitidos pelo Ambulatório Transdisciplinar da Identidade de Gênero e Orientação Sexual, do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Leandro agora é Luiza. Ela conta que se sente aliviada porque não terá mais problemas sempre que alguém conferir seus documentos. Luiza lembra do estranhamento de algumas pessoas quando ela chegava em algum lugar e a chamavam de Leandro.

Veja algumas capas de revista sobre crianças transgêneros que estão contribuindo para essas conquistas legais acontecerem:

nova_escola-gde

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

criancas-e-adolescentes-trans-gde

via [Hypeness]

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,714FãsCurtir
1,763,678SeguidoresSeguir
8,639SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram