Gaúcho conserta macas e cadeiras de rodas de hospital que o ajudou a tratar depressão

Um ano e meio atrás, Ralf precisou ficar internado no Hospital Municipal de Novo Hamburgo (RS) por quinze dias para tratar um quadro de depressão severa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi uma época bastante delicada de sua vida, onde o rapaz de 31 anos contou com o apoio de médicos e enfermeiros da instituição.

Em meio ao tratamento para enfrentar – e vencer – a doença, Ralf resolveu devolver todo o bem que vinha recebendo no hospital: para isso, se ofereceu para consertar voluntariamente as macas e cadeiras de rodas estragadas da unidade de saúde.

homem conserta equipamentos hospital que ajudou ele tratar depressão

Entrada no hospital

Em novembro de 2019, Ralf Daniel Kiessel, na época um técnico de informática, deu entrada no Hospital Municipal de Novo Hamburgo para tratar uma doença que lhe afligia há muito tempo: a depressão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O problema de saúde forçou ele a deixar a empresa e ir morar com sua irmã.

“O médico me deu duas opções: morar com algum familiar ou continuar internado. Decidi morar com minha irmã, e ela me pediu para fazer uma mesa rústica. Fui e fiz a mesa com as cadeiras. Após conversar com um amigo, ele cedeu o espaço que ele tinha para eu trabalhar com móveis, pois viajava a trabalho. Fui comprando ferramentas e máquinas”, contou o gaúcho.

homem conserta equipamentos hospital que ajudou ele tratar depressão

Trabalho voluntário

Enquanto estava internado, Ralf teve a ideia de consertar os equipamentos hospitalares estragados que via com uma certa frequência por ali.

No entanto, o trabalho voluntário só começou em março deste ano, quando o ex-técnico se organizou para dar conta de toda a demanda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu notava, no hospital, que eram coisas simples de arrumar e me perguntava: “por que não arrumam?”, relembrou Ralf, que resolveu empreender ao abrir uma microempresa nesse meio-tempo.

Para ajudar o hospital, o rapaz conheceu a equipe e entrou em contato com a direção. “Ofereci meus serviços de pintura e conserto de equipamentos“.

homem conserta equipamentos hospital que ajudou ele tratar depressão

Consertos a todo vapor

Desde março, 18 itens hospitalares, entre macas, cadeiras de rodas e outros equipamentos importantes foram consertados e revitalizados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agora, o microempreendedor deseja ampliar seu atendimento voluntário, levando ele para outros locais e criando uma rede de voluntários e empresas que ajudem na doação de ferramentas.

Equipamentos como lixas, discos de corte, solventes, tintas, parafusos, rolamentos, rodinhas de maca e cadeira de rodas são muito importantes para manter a iniciativa 100% operante.

Quero que outras cidades copiem essa ideia e criem uma rede de apoio, com serralheiro e soldador, para ajudar outros hospitais“, enfatizou.

Segundo o portal ‘Diário Gaúcho’, 12 cadeiras de rodas, 5 cadeiras de banho adaptadas e uma maca foram consertadas para o Hospital de Novo Hamburgo.

Hospital agradece

Para Angela Maria Stumpf, coordenadora de manutenção predial do hospital, a ação voluntária de Ralf ajuda muito a instituição, uma vez que lá não existem soldadores contratados.

“É extraordinária a atitude do Ralf. O trabalho dele beneficiou muitos pacientes com cadeiras de rodas consertadas, camas com carinha nova“, completou.

Você pode ajudar o projeto de Ralf com insumos, doações ou ferramentas entrando em contato com ele pelo fone (51) 98408-8825.

Fonte: Diário do Gaúcho
Fotos: Anselmo Cunha / Agencia RBS

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,572,055SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Manifesto” pelo fim do machismo na educação dos meninos viraliza na web

Casos como o do estupro coletivo de uma jovem de 16 anos por 33 “homens” no Rio de Janeiro, que dominou o noticiário recentemente,...

Neto diz para avó que está ‘viciado em Alok’ e sua reação é a mais fofa: “Eu vou te levar num psiquiatra”

E a dona Carminha que descobriu que o neto Leo é ‘viciado em Alok' e disse que ia levá-lo ao psiquiatra? A gente não tem...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Estudante vende palha italiana na Paulista para cursar medicina em Harvard

“Eu ouvia a palavra Harvard nos filmes, mas pensava: ‘será que um dia eu vou tá lá’ e hoje tenho a chance de ir”, diz o estudante.

Cão tem ataque cardíaco, e é reavivado por um desconhecido

Através (do que aparenta) ser uma reanimação cárdio pulmonar (RCP), o estranho salva o cão do que parecia sofrer um ataque cardíaco enquanto passeava...

Instagram