Homem com Esclerose Lateral Amiotrófica leva arte e recursos para outras pessoas diagnosticadas com a doença

Em 2019, Eric Weinbrenner, do Arizona (EUA), foi diagnosticado com Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa que provoca a destruição dos neurônios responsáveis pelo movimento dos músculos, levando a uma paralisia progressiva que acaba impedindo tarefas simples como andar, mastigar, falar ou respirar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a ALS Association, 1 pessoa é diagnosticada com ELA a cada 90 minutos mundo afora (são quase 6.000 pessoas por ano).

Eric descobriu que estava com a doença apenas um dia antes do Dia de Ação de Graças. De início abalado com a notícia, ele decidiu unir arte e filantropia para ajudar outras pessoas com ELA.

Hoje, por meio de uma ONG, a ‘Paint for a Cure’, o norte-americano oferece ajuda e recursos para famílias com portadores da doença.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A organização fundada por Eric disponibiliza dinheiro para os beneficiários adaptarem suas residências e custear os cuidados com o paciente.

Esses recursos são arrecadados por meio de ações envolvendo arte, como aulas de pintura online e vendas de obras doadas por artistas. Nos últimos dois anos, mais de US$ 100 mil (R$ 566 mil) foram doados às famílias cadastradas.

De acordo com Eric, sua ideia de inserir a arte no projeto surgiu depois que ele mesmo encontrou na pintura uma forma de aliviar a frustração com o diagnóstico.

Para o ativista, a arte é sua principal atividade terapêutica. “O diagnóstico foi algo difícil de lidar. A ideia de não estar perto para ver meus filhos crescerem ou envelhecer com minha esposa e viver meu casamento como meus pais, como eu sonhei, me esmagou completamente”, lembrou ele.

Casas adaptadas

No comando da ONG Paint for a Cure, Eric ajudou famílias a tornarem suas residências mais acessíveis. Tudo começa pela parte estrutural, com banheiros adaptados e área para circulação de cadeira de rodas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por fim, a contratação de profissionais como enfermeiros e assistentes sociais auxiliam – muito! – nos cuidados aos pacientes com esclerose lateral amiotrófica.

O mais legal é que todas as doações são entregues como uma surpresa para os pacientes.

Em entrevista ao portal Authority Magazine, Eric se lembrou de uma história que o marcou para sempre: uma família de 4 pessoas cujo pai foi diagnosticado com ELA há dois anos, em Ohio.

“Ele havia perdido a capacidade de andar e limitou o uso dos braços. Ele está confinado a uma cadeira de rodas e sua casa atual não era muito acessível, o banheiro em particular, tornando as coisas um pouco difíceis para a família e o pai”, contou ele, que trabalhou para levantar US$ 10 mil para a reforma do cômodo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Essa situação realmente me fez sorrir, sabendo que fomos capazes de impactar positivamente e proporcionar a alguém uma melhor qualidade de vida no combate a essa doença que pode tirar tudo de você”, definiu o ativista.

Artistas e construtores trabalhando juntos

Além dos artistas, a ONG Paint for a Cure também convoca trabalhadores da construção civil para doar seu tempo e sua experiência com obras.

Esses construtores colaboram no desenvolvimento de projetos habitacionais voltados a esses pacientes.

Por fim, além do trabalho de apoio e infraestrutura, a ONG também tem atuado na defesa de terapias como a NurOwn, que faz uso de células-tronco mesenquimais (células precursoras encontradas principalmente na medula óssea).

Nos próximos anos, terapias recentes e revolucionárias como a NurOwn podem melhorar a qualidade de vida de indivíduos com ELA.

Assista ao vivo os ganhadores do Prêmio Razões para Acreditar, dia 07/12 às 18h! Ative as notificações clicando aqui.

Fonte: Ecoa
Fotos: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,970,136SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ford recicla mais de 1 bilhão de garrafas plásticas todo ano para fabricar peças de veículos

A fabricante multinacional de automóveis Ford Motor Company tem ajudado a promover a produção e uso de peças automotivas ecologicamente corretas. Os tapetes, placas de...

Cuidadora de idosos humilhada por erros de português recebe diversas ofertas de emprego em SP

Dias depois de ser humilhada pela atendente de um asilo em Sorocaba (SP) após enviar um currículo com alguns erros de português, a cuidadora...

Após 30 anos, filha com deficiência reencontra mãe biológica graças a desabafo nas redes sociais

Um vídeo descompromissado divulgado nas redes sociais acabou unindo mãe e filha que não se viam há 30 anos. Na segunda-feira passada (22), a influencer...

[VÍDEO] Veterinário salva cão com graves queimaduras e reencontro dos dois é emocionante

Relações de amizade podem nascer dos lugares mais improváveis. Um cãozinho preso no mato em meio a um incêndio foi resgatado e encaminhado ao...

Instagram