Homem que andava até 25 km por dia a pé distribuindo currículos consegue emprego: “Tô muito feliz”

A longa caminhada de seu Wladimir Rodrigues, de 57 anos, parece ter encontrado seu destino. O homem, que estava desempregado e caminhava até 25 km por dia a pé distribuindo currículos, conseguiu o tão esperado emprego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Depois de sua história viralizar, Wladimir recebeu cerce de 200 propostas de emprego. E agora ele está oficialmente empregado. Vai ser porteiro de uma escola pública de Natal (RN).

“Eu muito feliz, finalmente consegui. Já fiz exame admissional, abri conta no banco e já vou começar depois do carnaval”, festejou bastante o agora servidor público.

Sua saga ficou conhecida graças à uma psicóloga que cruzou seu caminho, soube que ele ia de um lado a outro da cidade sem sequer se alimentar e postou a história na internet.

“Deus me abençoou, depois de eu passar essa situação toda”, comemorou seu Wladimir, que sempre trabalhou como maqueiro e auxiliar de serviços gerais em hospitais e estava há onze meses sem emprego. Ele chegou a ser despejado da casa onde morava devido ao atraso no pagamento do aluguel, mas já recebeu ajuda para alugar uma nova casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto de homem que andou a pé levando currículos dando legalzinho para a câmera
Wladimir trabalhou em hospital e até hoje não recebeu os direitos trabalhistas. Foto: arquivo pessoal

Seu Wladimir inspira outras pessoas a conseguirem emprego

Depois de todas as dificuldades que atravessou, seu Wladimir virou um símbolo para muita gente que estava sem ânimo para procurar por emprego. Segundo ele, uma moça que já havia desistido de buscar uma oportunidade voltou a acreditar depois de conhecer sua história.

Ela me disse que não tinha mais esperança, até que viu minha história. Aí foi em busca de emprego e ontem mesmo conseguiu uma vaga“, contou. Impressionante, né?

O Brasil tem quase 6 milhões de desalentados – ou seja, pessoas que desistiram de procurar trabalho, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

Foto de homem que andou a pé levando currículos dando legalzinho para a câmera em saguão de shopping
Wladimir segue dando exemplo aos mais jovens. Foto: arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E não apenas ela tem se inspirado em Wladimir. “O pessoal fica me perguntando como faz para conseguir um emprego, eu digo que é força de vontade, tem que correr atrás e acreditar”, disse orgulhoso.

E uma curiosidade: quando Wladimir conheceu a psicóloga Ranaruza Costa foi justamente numa situação em que ele criticava um jovem que estava pedindo ajuda. Ele comentou com ela, que até então era desconhecida, que o jovem tinha energia para trabalhar e não “corria atrás”. E ele, com 57 anos de idade, estava andando a pé distribuindo currículos. A psicóloga lhe deu um dinheiro para que ele pudesse voltar para casa e postou uma foto de seu currículo nas redes, que viralizou. Hoje, ele é exemplo para os mais jovens.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Psicóloga Ranaruza Costa (@psicologa_ranaruzacosta)

Esta semana, inclusive, Wladimir vai fazer uma palestra para o setor de Recursos Humanos de uma empresa em Natal. “Me convidaram pra falar para os recrutadores de trabalhadores sobre o lado de quem busca emprego, que muitas vezes chega sem ter o que comer, pega dinheiro emprestado para pagar a passagem para ir para a entrevista. É pra sensibilizá-los”, disse.

Que legal, hein! Seu Wladimir é realmente um exemplo 👏

Outro caso que comoveu os brasileiros foi o do Robison, que foi demitido por se atrasar para salvar as vítimas de um acidente. Criamos uma vaquinha para ele na VOAA. Clique e contribua!

Selo Conteúdo Original Razões para Acreditar

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,238,290SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe defende filho zombado por usar ‘meia de menina’: “Esse é meu filho. E eu amo ele”

“Estou permitindo que meu filho seja o que ele quiser e eu não gosto de pessoas como você tirando sarro dele, dizendo que ele está errado pelo que ele veste e palpitando sobre o que ele deveria vestir. Esse é meu filho. E eu amo ele. Amo meias de coração e tudo mais!”, concluiu lindamente.

Tartaruga sobrevive a incêndio graças a casco feito por uma impressora 3D

Os avanços tecnológicos seguem a todo vapor, beneficiando não apenas o ser humano, mas os animais também. A tartaruga Freddy é uma prova “viva”...

Casal nos EUA dirige por 3 horas para guiar idoso perdido a chegar até a casa do filho

Elton Hood e Tracy Eckhardt, são de New Windsor, Illinois, nos Estados Unidos. Eles estavam em um posto de gasolina em Woodhull, cidade vizinha aonde moram, quando...

Tecnologia ajuda mães a encontrarem filhos desaparecidos

Já ouviram falar do reCaptcha? É uma tecnologia usada na digitalização de livros antigos, para solucionar problemas de inteligência artificial e no aprimoramento de...

Instagram