Homem constrói carrinho para passear com cadelinha idosa

A cadelinha Lilly tem 14 anos e há alguns meses começou a sentir uma dor insuportável nas patinhas traseiras, causada por uma doença genética chamada displaxia coxofemoral, que afeta suas articulações e é bem dolorida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sem poder colocar as patinhas para fora de casa, em Vitória, no Espírito Santo, o coração de Lilly, uma mistura de poodle com chow chow, só tinha espaço para a tristeza. A vida era mais cinza e o tempo passava mais devagar.

Leia também: Cadelinha paraplégica cuida de cachorros na clínica onde vive

Tudo começou a mudar quando sua tutora, Gabriele Gripp, viu no Instagram do Razões para Acreditar a foto de um senhor que fez um carrinho para passear com seu cachorro idoso. Inspirada na ideia, ela pediu para seu pai, Demétrio, fazer um carrinho para Lilly.

“Mandei a foto para o meu pai, que é o mestre das engenhocas, e falei para fazer um para a Lilly. Ele tinha um pedaço de tábua e um puxador de gaveta guardados. Só comprou as rodinhas”, disse Gabrielle ao Razões para Acreditar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

homem constrói carrinho cadelinha idosa passear
Lilly no seu carrinho pronta para dar mais um rolê muito plena

homem constrói carrinho cadelinha idosa passear

Desde que começou a passear no carrinho, de uma a duas vezes por semana, Lilly aparenta estar mais feliz, e já consegue andar um pouco pela casa, apesar de não ter muita força nas patinhas traseiras. “Colocamos tapetes antiaderentes em alguns cantos da casa e caminhas para ela deitar e ter mais facilidade para levantar”, explica Gabriele.

homem constrói carrinho cadelinha idosa passear
Seu Demétrio passeando com a cadelinha

homem constrói carrinho cadelinha idosa passear

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O curioso é que Lilly parece saber quando vai desfilar na rua com seu carrinho muito plena: “Ela não deixa mais ninguém pegá-la no colo, por conta da dor nas patas. Ela morde, coisa que nunca fez. Mas, se é para passear, ela deixa pegar no colo na hora de descer e subir as escadas do prédio”.

homem constrói carrinho cadelinha idosa passear

crédito das fotos: Gabriele Gripp/Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,419,547SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sargento da PM realiza sonho de menino que vende balas dias depois de perder o pai assassinado

Não só é comovente o gesto de um sargento da PM de doar uma bicicleta a um menino que vende balas no semáforo, após...

Funcionários de hospital criam barreira ‘anti-Covid’ para poder almoçar juntos com segurança

O pessoal que trabalha no Serviço de Nutrição do Hospital Estadual Alberto Rassi (HGG), em Goiânia (GO), agora pode almoçar junto, graças a uma...

Empresa mostra seus projetos de economia, conservação e recuperação da água no Brasil

No dia 22 de março foi comemorado o Dia Mundial da Água e, em comemoração à data, foi realizado o Fórum Água: gestão estratégica...

Jovem escreve um relato emocionante para homenagear irmão que morreu

A internet sempre nos presenteia com histórias que amolecem o nosso coração. Muitas delas lembram que devemos amar o outro intensamente, sem medo e...

Hospital cultiva alimentos frescos e os oferta a pacientes de baixa renda

A despensa comunitária também oferece gratuitamente outros alimentos industrializados, com o intuito de oferecer os nutrientes necessários às necessidades de cada paciente.

Instagram