Homem compra todos os doces de menino que trabalhava para ajudar no sustento de casa (PE)

Com uma história de vida parecida com a de Halley, o conferente de cargas Saulo Luiz de Albuquerque comprou todos os doces que o menino vendia para ajudar no sustento de casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A história vem de Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco.

“Hoje, essa criança de 11 anos passou vendendo doces para ajudar sua família e me perguntou se eu gostaria de comprar. Conversando com ele, achei nossas histórias bem parecidas.”

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por voaa – a vaquinha do razões (@voaa_vaquinhadorazoes) em

Vaquinha

Saulo, então, fez o que precisava ser feito: comprou todos os doces de Halley, não deixou um para trás! Ainda pagou um almoço para Halley. ❤

Como Saulo, ficamos comovidos com a situação da família de Halley. Ele mora numa casa simples com a mãe, a gesseira Edilane e mais 6 irmãos pequenos.

menino vende doces ajudar família comendo marmitex
Halley vive numa casa simples com a mãe e mais 6 irmãos. Foto: Arquivo pessoal

Criamos uma vaquinha na VOAA para Edilane investir no seu trabalho, já que a placa que usa para fazer seu trabalho artesanal com gesso quebrou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Também para que a família tenha um suporte na pandemia e Halley não precise mais trabalhar. Clique aqui e contribua.

A mãe contou que a iniciativa foi do filho ao ver que estavam sem comida

“Ele é um menino muito dedicado e ficou preocupado com a situação financeira de casa”, contou a mãe.

Ai, gente!

geladeira armário família humilde vazios
Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Saulo você já viu passar por aqui! Ele usou uma escada para matar a saudade da mãe depois que apresentou sintomas semelhantes ao do coronavírus.

Ele fará nossa ponte com a família de Halley e acompanhará o andamento da vaquinha.

“Também comecei trabalhar aos 11 anos, meu pai faleceu aos 41 anos deixando cinco filhos pequenos e minha mãe grávida de mim. Acabei comprando todos os doces e paguei seu almoço.”

Vamos então ajudar a mãe de Halley a investir no seu trabalho e dar um suporte para a família? Clique aqui e faça a sua doação.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,977,926SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

ONG promove financiamento coletivo de iniciativas de professores da rede pública

Não é segredo para ninguém que as escolas públicas do país, principalmente aquelas mais afastadas dos grandes centros, convivem com problemas que comprometem o...

Casal troca presentes de casamento por viagem para refugiados

Um casal canadense preferiu ajudar uma família de refugiados ao invés de ganhar presentes de casamento.

IBGE adia Censo 2020 e transfere R$ 2,3 bilhões para ações de combate ao coronavírus

O IBGE anunciou nesta quarta-feira (18) que o Censo 2020 foi adiado para o ano que vem devido ao surto de coronavírus (Covid-20) que...

Trocas de cartas cria laços afetivos entre idosos e crianças

Mais do que uma simples troca de experiências, as cartas proporcionaram uma troca intensa de carinho e afeto entre duas gerações separadas no tempo...

Estudantes suíços criam cadeira de rodas capaz de subir escadas

Infelizmente a estrutura dos estabelecimentos comerciais e calçadas em geral ainda não estão totalmente adaptadas para pessoas cadeirantes, onde as escadas se mostram um...

Instagram