‘Homem de Ferro’ brasileiro recebe onda de apoio após ser humilhado por empresária

Uma rede de solidariedade se formou em torno de um rapaz após ele ter sido humilhado por uma empresária da cidade onde mora, em Cascavel (PR). Lucas Chincaia, 24 anos, ganha a vida se ‘vestindo’ de Homem de Ferro, animando festas e tirando fotos com crianças para sustentar a família.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na última quinta-feira (12), Lucas publicou um post no grupo Elogios e Reclamações do Facebook, relatando que uma empresária da cidade estava fazendo “picuinha” e tentando impedir que ele usasse a fantasia do personagem da Marvel.

A população logo saiu em defesa do rapaz, alegando que o direito de imagem do Homem de Ferro pertence tão somente à Marvel e a fantasia, à Lucas. Assim, a empresária simplesmente não tem o direito de impedir que o rapaz trabalhe com ela.

homem de ferro brasileiro apoio após ser humilhado

No mesmo dia, um grupo de pessoas se reuniram no centro de Cascavel vestidos com fantasias de diversos personagens da Cultura Pop para apoiar Lucas. Além disso, levaram dinheiro para tirar foto com o performer e 1 kg de alimentos para ajudar a família dele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em meio a onda de apoio, um empresário doou uma fantasia de Super-Homem, para que o rapaz possa alternar as fantasias quando quiser.

Leia também: Pai cria fantasia de Homem de Ferro para filho prematuro em hospital

Duas versões do Homem de Ferro

Há algumas semanas, uma empresária da cidade paranaense começou a alegar que a empresa de fantasias dela também tem um modelo do Homem de Ferro, de qualidade superior e mais cara do que a do rapaz. Como se isso fosse um bom motivo, ela diz que a presença das duas versões do super-herói estaria “confundindo a cabeça da população”.

Nas redes sociais, ela reclamou que as pessoas estão tirando fotos com o Homem de Ferro de Lucas e marcando o perfil da empresa dela.

O performer de 24 anos, que tem um filho de 2 anos para sustentar, tentou minimizar o problema e negou o pedido da empresária para deixar de trabalhar com a fantasia, que lhe custou R$ 1000.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mulher não aceitou e retrucou: “Todo mundo acha que você é da gente. Várias pessoas estão me mandando mensagens”, escreveu, num comentário logo após apagado no Facebook.

Repercussão

No mesmo post, ela reclama que o rapaz cobra 2 reais para tirar foto com as crianças.

Tentando estabelecer uma linha de diálogo, Lucas convidou a mulher para encontrá-lo no centro da cidade, para eles conversarem e resolverem pacificamente o impasse. Infelizmente, ela devolveu a proposta com desdém.

“Posso ir lá, mas você vai passar vergonha com a sua armadura perto da nossa. Uma armadura como a nossa custa 5 mil reais. E eu não quero as pessoas achando que você é da minha equipe”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não que isso tenha abalado o rapaz, que no mesmo dia, recebeu uma onda de manifestações favoráveis dos moradores da cidade. Veja algumas fotos:

homem de ferro brasileiro apoio após ser humilhado

homem de ferro brasileiro apoio após ser humilhado

Leia tambémHomem de Ferro da vida real: Robert Downey Jr. anuncia projeto de despoluição do planeta

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: SNB/Fotos: Reprodução/Facebook

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,508,125SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Faculdade troca taxa de inscrição do vestibular por 1 kg de alimento não perecível

Os estudantes poderão fazer sua inscrição de graça doando 1 kg de alimento não perecível, até o dia 11 de dezembro.

Startup de alimentos orgânicos dissemina boa alimentação e gera emprego em periferias

Alimentos saudáveis a um preço justo e geração de emprego na periferia.

Menina escreve carta para cachorrinha falecida e obtêm resposta

Dias após perder sua amada cachorra de estimação, a pequena Maci Hopkins, 4 anos, escreveu uma cartinha para ela endereçada ao céu, acompanhada de...

Menina que nasceu sem as mãos ganha concurso de caligrafia

A pequena Anaya Ellick, de apenas sete anos, que nasceu sem as mãos, venceu com todos os méritos uma competição de caligrafia, nos Estados...

Homem fica sem combustível e recebe ajuda de morador de rua em Brasília

O que parecia ser apenas mais um dia comum, graças à bondade de um desconhecido, tornou-se um dia tão especial, que foi capaz de...

Instagram