De louco a herói: Indiano escava canal por quase 30 anos e leva água a vila que sofria com a seca

Loungi Bhuiya foi chamado, muitas vezes de louco. Morador da aldeia de Gehlaur, no leste do estado de Bihar, na Índia, ele estava determinado a encontrar água para o seu povo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele tinha apenas uma pequena machadinha e foi com isso mesmo que se aventurou pela região. Loungi sabia que não seria uma tarefa fácil, mas não imaginou que ela duraria quase 30 anos.

homem escava terra por 22 anos em busca de água potável
Foto: reprodução YouTube

Ele se inspirou no Homem da Montanha

Em 1960, Dashrath Manjh, ficou conhecido na Índia como o “Homem da Montanha”. Ele escavou um canal de irrigação por 22 anos, usando apenas um cinzel e um martelo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Loungi usou a inspiração e motivação de Dashrath e decidiu que faria o mesmo. “Eu tinha ouvido falar dele e pensei que se ele pode fazer isso, por que eu não posso?”, comentou.

Esse homem, que hoje está com quase 70 anos, disse que muita gente o chamou de louco, mas ele não desistiu da sua meta, que era cavar um canal que levasse água de uma fonte natural da Floresta de Bagetha Sahwasi até a vila.

homem cava canal
Foto: reprodução YouTube

O líder da vila, Vishnupat Bhokta, reconhece o trabalho e dedicação de Loungi. “Os moradores da vila geralmente levavam o gado para aquela fonte para dar água, que também fornecia sustento aos animais que viviam na área da floresta. Loungi sabia que a fonte de água era suficiente para irrigar as terras agrícolas dos moradores. No entanto, foi um grande desafio levar água para a aldeia”, completou.

Herói local

Durante todos esses anos, Loungi recebeu provocações de outros moradores da vila e, até mesmo, da sua própria família.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele não se deixou abalar e permaneceu no seu objetivo. Foram quase 30 anos escavando todos os dias, para transformar o canal de um metro de largura por um metro de profundidade em realidade.

De louco a herói: Indiano escava canal por quase 30 anos e leva água a vila que sofria com a seca 3
Foto: reprodução YouTube

Hoje Loungi é considerado um herói na vila onde mora. Por causa do seu esforço, todos estão se beneficiando da água que chega em toda a aldeia.

Agora, Loungi foi recompensado com um trator novo, que será usado para expandir o canal.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É determinação que chama, né?

FONTE: Good News Network

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,274,824SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Novo material promete aposentar ventiladores e ar-condicionado

Estudantes do Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha (IAAC), na Espanha, mostraram ao mundo um protótipo de parede que promete aposentar os eletrodomésticos usados...

Professora inclui aluno cego com materiais 100% táteis e viraliza nas redes sociais

A professora de Geografia Fabiana Rocha criou para Nathan gráficos com diversas texturas, pirâmides etárias de Lego, mapas com divisões em linhas e grãos, entre outros materiais táteis para incluir o aluno nas suas aulas.

Milionário árabe irá construir casa nova para garoto peruano que estuda com luz de poste

O milionário também vai financiar um pequeno negócio para a mãe do garoto e ajudar sua escola.

Chefe tribal do Malawi anula mais de 2 mil casamentos infantis

Educadora, ativista feminista e agora, chefe tribal de um distrito do Malawi, uma pequena nação no sudeste da África. Theresa Kachindamoto trabalhou assiduamente para...

Paraense se declara para marido que a busca no trabalho de bicicleta e viraliza

Um desabafo da paraense Carla Rovene viralizou nas redes sociais neste último domingo (23). Numa publicação em seu perfil pessoal, ela fez uma declaração...

Instagram

De louco a herói: Indiano escava canal por quase 30 anos e leva água a vila que sofria com a seca 5