Homem em situação de rua ganha a vida vendendo livros que encontra no lixo

Odilon Tavares vive em Belo Horizonte e é catador de recicláveis em sua cidade. Em situação de rua, ele já trabalhou como auxiliar de pedreiro e realizou alguns bicos, mas encontrou nos lixos da capital mineira uma oportunidade de viver melhor, dando novo significado ao que encontrava lá. Impressionado com a quantidade de livros jogados no lixo, ele começou a vendê-los há uns anos e hoje essa é a sua principal fonte de renda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No início, Odilon os vendia por 1 real, agora cada um vale em média 5 reais. Ele criou uma espécie de sebo e costuma ficar sempre no mesmo lugar, na esquina da rua Grão Mogol com a Avenida do Contorno. Seu trabalho não é fácil, ele sai atrás dos livros, todos os dias, sem folga, costuma acordar às 4 da manhã, mas já encontrou muita coisa boa, como um exemplar novinho de Harry Potter, que ele conseguiu vender por 20 reais.

Hoje, figura conhecida na cidade, alguns sebos chegam a procurá-lo, mas ele diz que prefere a venda individual. Vendendo cerca de 100 livros por mês, o que lhe rende entre 400 e 500 reais, agora pensa em alugar um lugar para viver e quem sabe, em breve, montar o seu próprio sebo.

Apesar de ter estudado somente até a quarta série do fundamental, Odilon diz que sempre teve o costume de ler e que viu em sua atividade, uma maneira de pagar suas contas e de dar nova vida aos livros, que estavam no lixo. Que incrível!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Observatório 3 Setor

Apoie causas com Visa, sem pagar a mais por isso. Inscreva-se e ajude já! Aqui.

Fotos: Alexandre Rezende / UOL

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,527FãsCurtir
1,763,130SeguidoresSeguir
8,635SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotos de abelhas cansadas dormindo de “bumbum pra cima” dentro de flores viralizam

Uma série de fotos de abelhas tirando um cochilo dentro de flores com o bumbum cheio de pólen está fazendo o maior sucesso na...

No Pará, há mais de 40 anos existe um bloquinho infantil que homenageia os animais da Amazônia

Cada vez mais os blocos carnavalescos estão inovando e usando e abusando da criatividade, mas o que falar deste bloquinho infantil, do interior do...

O primeiro dia de aula do menino desnutrido que foi resgatado há um ano

O primeiro dia de aula é uma data marcante, que estabelece que seu filho(a) está crescendo e ganhando o mundo. Mas, para um menino em...

Fábio Assunção dá a volta por cima um ano depois de virar ‘piada’ no Carnaval

É impressionante o quanto as coisas podem mudar em apenas um ano, né? Olha o caso do ator Fábio Assunção, 48 anos. No Carnaval do...

Comediante arrecada quase R$ 1 milhão para menino que sofreu bullying

O vídeo de um menino com nanismo chorando após ser vítima de bullying na escola gerou uma onda de comoção e solidariedade de milhares...

Instagram