Homem em situação de rua ganha a vida vendendo livros que encontra no lixo

Odilon Tavares vive em Belo Horizonte e é catador de recicláveis em sua cidade. Em situação de rua, ele já trabalhou como auxiliar de pedreiro e realizou alguns bicos, mas encontrou nos lixos da capital mineira uma oportunidade de viver melhor, dando novo significado ao que encontrava lá. Impressionado com a quantidade de livros jogados no lixo, ele começou a vendê-los há uns anos e hoje essa é a sua principal fonte de renda.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No início, Odilon os vendia por 1 real, agora cada um vale em média 5 reais. Ele criou uma espécie de sebo e costuma ficar sempre no mesmo lugar, na esquina da rua Grão Mogol com a Avenida do Contorno. Seu trabalho não é fácil, ele sai atrás dos livros, todos os dias, sem folga, costuma acordar às 4 da manhã, mas já encontrou muita coisa boa, como um exemplar novinho de Harry Potter, que ele conseguiu vender por 20 reais.

Hoje, figura conhecida na cidade, alguns sebos chegam a procurá-lo, mas ele diz que prefere a venda individual. Vendendo cerca de 100 livros por mês, o que lhe rende entre 400 e 500 reais, agora pensa em alugar um lugar para viver e quem sabe, em breve, montar o seu próprio sebo.

Apesar de ter estudado somente até a quarta série do fundamental, Odilon diz que sempre teve o costume de ler e que viu em sua atividade, uma maneira de pagar suas contas e de dar nova vida aos livros, que estavam no lixo. Que incrível!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Observatório 3 Setor

Apoie causas com Visa, sem pagar a mais por isso. Inscreva-se e ajude já! Aqui.

Fotos: Alexandre Rezende / UOL

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,415,745SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Com bilhete, gerente de restaurante salva criança que sofria maus tratos e ganha US $ 35 mil de internautas

Sabe aquela história da pessoa certa, no lugar certo, no momento certo? Foi o que aconteceu com a Flaviane Carvalho, uma brasileira que trabalha...

Mesmo com câncer, Fabi não adia o lindo casamento com Mari

Caros, recebemos esse vídeo da Mari, sobre o casamento com a Fabi. Não vou falar muito, transpus o texto na íntegra: Meu nome é Marianna...

Aplicativo ajuda deficientes visuais a identificar ônibus antes de embarcar

O BusID identifica a linha do ônibus através da câmera do celular e fala em voz alta para o usuário, sem precisar de conexão com a internet.

Após ser humilhada por doar “bolo pequeno demais”, confeiteira recebe apoio de internautas

A Cida é muito querida no bairro em que mora por sempre fazer lindos trabalhos com as crianças. Abalada, ela recebeu muito carinho de amigos e desconhecidos.

Primeira universidade sem professores e gratuita é inaugurada no Vale do Silício

Não existem professores, livros e nada é pago.

Instagram