Paraisópolis ganha horta comunitária com capacitação para mulheres vítimas de violência doméstica

O Dia Mundial da Alimentação terá um sabor bem especial para os moradores de Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É que o Instituto Stop Hunger lançou um projeto que inclui a construção de uma horta comunitária, trazendo muitos benefícios para os moradores da comunidade.

Paraisópolis ganha horta comunitária com capacitação para mulheres vítimas de violência doméstica 1

horta comunitária em Paraisópolis

O projeto é uma parceria mais que positiva com o Instituto Escola do Povo e traz um espaço novo, com aproximadamente 900 m², para cultivo de hortaliças. A ideia é educar, capacitar e distribuir as colheitas para os moradores da comunidade, cadastrados ao projeto, garantindo a eles uma alimentação mais saudável.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

horta comunitária em Paraisópolis horta comunitária em Paraisópolis

Além das hortaliças, frutas também serão plantadas na nova horta. O espaço também contará com hortas verticais, voltada para o cultivo de plantinhas menores e temperos.

O projeto será implementado a partir de workshops, ministrados para a comunidade. Todas as pessoas que passarem pela capacitação, aprenderão técnicas de cultivo, redução e reutilização de resíduos orgânicos aplicados como fertilizantes na horta.

Ao todo serão mais de 60 tipos de espécies de hortaliças e frutas que serão cultivadas – a previsão é beneficiar mais de mil pessoas, com ênfase na capacitação de mulheres.

horta comunitária em Paraisópolis

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paraisópolis ganha horta comunitária com capacitação para mulheres vítimas de violência doméstica 2

horta comunitária em Paraisópolis

Empoderamento feminino

O projeto vem com um projeto ainda mais grandioso: contribuir com o empoderamento das mulheres. A ideia quer transformar socialmente as moradoras de Paraisópolis, principalmente aquelas que vivem um ciclo de violência doméstica.

O objetivo é habilitar essas mulheres para que levem o plantio de hortaliças para dentro de suas casas e assim contribuam para melhorar a qualidade da alimentação de suas famílias. A parceria do projeto foi iniciado em 2019 e tem como objetivo melhorar a qualidade dos alimentos consumidos pelos moradores”, explica Fernando Cosenza, Vice-Presidente, Marketing Estratégico, Inovação e Digital da Sodexo, empresa mantenedora do Instituto Stop Hunger.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

horta comunitária em Paraisópolis

horta comunitária em Paraisópolis

Como boa parte da população de Paraisópolis se encontra em estado de vulnerabilidade social, a produção de vegetais vai garantir refeições mais saudáveis e nutritivas. Haverá ainda distribuição de mudas para plantio em residências, escolas e instituições, divulgando, assim, o projeto dentro e fora da comunidade”, completa Fernando.

Horta na Laje

O Horta na Laje é um projeto que já existe em Paraisópolis desde 2017. A construção de uma nova horta virá para complementar essa iniciativa.

horta comunitária em Paraisópolis

O projeto trouxe um conceito de técnicas de plantio no vaso, permitindo e incentivando as mulheres da comunidade a plantarem dentro de suas próprias casas.

A horta comunitária de Paraisópolis vai ficar na Associação das Mulheres de Paraisópolis (Rua Itamotinga, 100 – Paraisópolis, São Paulo/SP).

FONTE: Ciclo Vivo

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,827,323SeguidoresSeguir
24,599SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Engenheiro do Alemão cria impressora 3D com sucatas de ferro-velho

"A ideia é ter uma tecnologia 100% favela, mostrar que somos mais do que estatística de violência, somos o futuro", diz Lucas.

Amigos no Rio fazem vaquinha para levar crianças com deficiência a assistirem os Jogos Paralímipicos

Fazer boas ações resulta numa cadeia de trocas que abraça e promove o espírito coletivo. Pensando em levar crianças com deficiência para ver os jogos...

Projeto desenvolve conceito de mobilidade urbana com crianças de 2 a 7 anos

Em parceria com a Compartibike, o Itaú iniciou no último dia 12 um projeto que vai ensinar crianças de 2 a 7 anos a...

Marca convida consumidoras a elogiarem amigas e ganharem produtos de beleza

Não há quem não goste de receber elogios. Só não dizemos isso abertamente por medo de parecermos vaidosos ou arrogantes, mas, no fundo, toda...

Instagram

Paraisópolis ganha horta comunitária com capacitação para mulheres vítimas de violência doméstica 4