Alunos com deficiência aprendem a cuidar de horta e plantar dentro da escola (MG)

0
788

“Voltar ao ensino 100% presencial depois de dois anos em casa é muito difícil. A horta trouxe um respiro para nós. É um motivo para a agente continuar”, diz Najara Ap. de Oliveira, diretora da Escola Municipal Arthur de Mello Teixeira, em Uberaba (MG).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A horta sensorial acessível é uma iniciativa do Instituto Mosaic, responsável pelas ações sociais da Mosaic Fertilizantes, e foi inaugurada na escola em 1º de setembro deste ano. Promover a inclusão de estudantes com deficiência no processo de aprendizagem e sensibilizar as crianças sobre a importância da alimentação saudável estão entre seus objetivos.

Alunos com deficiência aprendem a cuidar de horta e plantar dentro da escola (MG) 1
A diretora da escola fala sobre a horta com alegria. Foto: Reprodução

“Trabalhamos com a Secretaria de Educação de Uberaba para escolher uma unidade de ensino que já contasse com um plano educacional voltado para crianças com deficiência e fosse localizada em uma comunidade socialmente vulnerável, para que a horta significasse um instrumento de aprendizagem”, afirma a gerente de projetos do Instituto Mosaic, Camila Bellenzani.

Atualmente, a escola municipal atende 31 alunos com alguma deficiência e desenvolve um trabalho de complementação pedagógica junto ao Departamento de Educação Inclusiva de Uberaba.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

horta em escola municipal
A horta possui 42 culturas diferentes. Foto: Reprodução

Com investimento de R$ 80 mil da Mosaic Fertilizantes, a horta foi desenvolvida em parceria com o Instituto Movere. O projeto oferece recursos para experiências sensoriais (estímulos gustativo, olfativo, tátil, visual e auditivo), além de infraestrutura adaptada e acessível (canteiros de diferentes alturas, espaço de circulação para manobra das cadeiras de rodas, corrimão e rampa).

A horta também possui piso tátil, placas de tipografia adequada, fonte ampliada, acesso à plataforma de tradução automática de Libras (Língua Brasileira de Sinais), conteúdos em Braile e audiodescrição.

três alunos regam horta em sua escola
Os alunos cuidam da horta com o maior zelo. Foto: Reprodução

E para que os estudantes possam aproveitar o ambiente para socialização, integra as áreas de convivência da unidade escolar, refeitório e quadra.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A horta é uma ferramenta pedagógica. Ela tem um quadro que o professor pode usar para dar sua aula. É como se fosse uma sala de vídeo ou uma biblioteca”, conta a diretora.

Da horta para o prato

Além de ser uma ferramenta pedagógica sobre boa alimentação, a horta vai possibilitar a diversificação dos alimentos na merenda escolar e isso já está acontecendo.

“A horta é muito diversa, temos 42 culturas diferentes. Tem capuchinha, jabuticaba, cabeludinho, pitanga, brócolis, tem couve-flor, cenoura, beterraba etc. Os alunos já comeram salada de couve e o pé de berinjela já está dando flor. Então, logo, logo, tem berinjela para eles na merenda escolar”, disse a diretora.

Autoestima

Ainda é cedo para mensurar o impacto da horta na aprendizagem dos estudantes, pois foi inaugurada há pouco tempo. Mas já podemos dizer que o projeto fez muito bem para a autoestima da turma.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eles estão se sentindo muito importantes! Todos falam com muito orgulho sobre o quanto a horta é bonita. Eu jamais imaginei que uma simples horta fosse movimentar a escola de maneira tão positiva”, comemora Najara.

aluna manuseia muda de alface de horta da sua escola
Foto: Reprodução

“Sempre quis que os alunos gostassem da escola e que tivessem atividades que fossem prazerosas e significativas. E a gente conseguiu isso com a horta”, concluiu.

O Instituto Mosaic pretende entregar outras 19 hortas com algum recurso inclusivo em Uberaba até o primeiro semestre de 2023, beneficiando mais de 9 mil estudantes e 800 pessoas da comunidade no entorno das unidades escolares por meio de capacitações sobre alimentação saudável e produção sustentável de alimentos.

Programa AlimentAção

A nova horta faz parte do Programa AlimentAção, que propõe uma experiência educativa e nutricional de valorização da alimentação saudável e sustentável. Para isso, alia informação, capacitação e iniciativas de acesso a alimentos produzidos localmente, ora nas hortas escolares, ora apoiada pela Agricultura Familiar da região, revertendo em ganhos para todos.

Desde 2019, 16 hortas foram implantadas em escolas públicas de Sergipe e Goiás. O projeto, que impacta mais de 35 mil pessoas, inclui formação do corpo docente para que se tornem multiplicadores de informações sobre a importância de uma alimentação equilibrada e saudável.

Alunos com deficiência aprendem a cuidar de horta e plantar dentro da escola (MG) 2

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.