Hospital em BH possui quase 7 mil m² de telhado verde, um dos maiores da América Latina

0
1766
hospital em BH tem telhado ecológico

O Hospital Orizonti – Instituto Oncomed de Saúde e Longevidade foi apontado como um projeto-referência, que contribui para deixar as cidades mais permeáveis. A razão são os 6.942 m² de revestimento vegetal que há no topo do prédio onde funciona a instituição médica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

hospital em BH tem telhado ecológico
Foto: reprodução CicloVivo

Devido a cobertura vegetal, o teto do hospital consegue captar e armazenar até 370 mil litros de água pluvial excedente em um reservatório de 370 m³.

A boa notícia é que todo volume de água drenado será reutilizado para irrigação da vegetação e também para limpeza de alguns ambientes.

A solução encontrada pelo hospital mineiro, pode inspirar outras instituições do Brasil a fazerem o mesmo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a engenheira civil e especialista em construções sustentáveis, Cristiane Lacerda, tecnologias inovadoras podem contribuir para reduzir os danos. “Existe o desafio de diminuir a impermeabilização nas cidades para melhorar a drenagem urbana. Para isso, é preciso aumentar áreas verdes nos diversos tipos de construções.”

Cristiane defende a ideia de que os telhados verdes podem reter grande volume de água, sendo uma opção viável para cidades urbanas e podem funcionar como um apoio para a rede pública.

hospital em BH tem telhado ecológico
Foto: reprodução CicloVivo

O responsável pelo telhado do hospital é o engenheiro civil Marcelus Oliveira. Ele também é especialista em telhados verdes e jardins verticais e conta que a vegetação escolhida foi a grama amendoim, nativa do Brasil e adaptada ao telhado.

Foram utilizadas 105 mil mudas de grama amendoim, 23 quilos de sementes e 360 mil litros de substrato. É um sistema leve, que não sobrecarrega o empreendimento”, explica Marcelus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

hospital em BH tem telhado ecológico
Foto: reprodução CicloVivo

Como funciona a drenagem

O telhado possui drenos que armazenam a água da chuva em tanques para ser reaproveitada de diversas formas.

O telhado foi todo revertido com camadas de terra vegetal, manta filtrante, brita e areia para aumentar a sua porosidade e, consequentemente, a capacidade de armazenamento de água.

hospital em BH tem telhado ecológico
Foto: reprodução CicloVivo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sendo assim, sempre que chove, a água se acumula no local e, gradualmente, é infiltrada no solo. A vegetação cultivada no telhado também é adaptada às condições do jardim, que por uma época fica bastante úmido e em outra seco.

Essas plantas também auxilia na remoção dos poluentes vindos do escoamento das águas da chuva através da atividade biológica de plantas e microrganismos presentes no solo.

Construção sustentável

O telhado também favorece o hospital em outros aspectos. Ele reduz o calor interno, consequentemente, o gasto com ar condicionado. Devido a reutilização da chuva, há ainda uma economia de água acima de 30% e de energia acima de 25%.

As estimativas são de eficiência hídrica e energética de 62%, 34%, respectivamente. Em relação ao total de resíduos gerados, a estimativa é que 70% sejam destinados à reciclagem.

Fonte: CicloVivo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.