Hospital do Rio usa pele de tilápia para tratamento de queimaduras

O Hospital Municipal Souza Aguiar, no Rio de Janeiro (RJ), se tornou a primeira unidade do estado a utilizar pele de tilápia para tratar queimaduras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O produto está disponível no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do hospital desde dezembro do ano passado. Pelo menos três pacientes fizeram uso da pele de tilápia e notaram uma cicatrização mais rápida e menos queixas de dor.

De acordo com o portal O Globo, o material vem da Universidade Federal do Ceará (UFC) gratuitamente. Trata-se de uma ferramenta adicional para a saúde pública, cronicamente fragilizada em nosso país.

hospital usa pele de tilápia tratamento queimaduras

“A pele de tilápia é rica em colágeno, resistente e elástica. Tem duas vezes mais colágeno que a pele humana. O nosso centro de tratamento já nos enche de orgulho, mas essa oportunidade de utilizar essa técnica nos pacientes foi muito importante para nosso serviço, tanto no aspecto técnico quanto na valorização profissional. Sabemos das limitações do setor público e dos recursos restritos, mas a iniciativa motivou a equipe do hospital“, afirma a cirurgiã plástica Irene Daher, chefe do CTQ.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

hospital usa pele de tilápia tratamento queimaduras

A cirurgiã afirma que as tilápias são criadas especialmente para essa utilização. O material é submetido a dois processos de desinfecção (desidratação sob baixa temperatura e exposição a raios gama) e só depois são embalados (a vácuo) e enviado às unidades hospitalares.

Leia também: Cirurgia inédita usa pele de tilápia para reconstrução vaginal de mulher trans

Entregues à equipe médica, as lâminas de peles são hidratadas e enfim, aplicadas sobre as queimaduras dos pacientes. Interessante notar que não há a necessidade de pomadas ou outros produtos.

hospital usa pele de tilápia tratamento queimaduras

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

À medida que os ferimentos cicatrizam, a pele de tilápia vai se soltando. O curativo é trocado uma vez a cada 10 dias, reduzindo a dor do paciente gradativamente. O custo do tratamento é 50% inferior quando comparado a outros métodos e o tempo de cicatrização 40% mais rápido.

hospital usa pele de tilápia tratamento queimaduras

“Os três casos impressionaram toda a equipe, o quão rápido foi a cicatrização. A técnica reduz riscos de infecção, evita a perda de líquidos dos tecidos e diminui a dor do paciente, que é inevitável no tratamento tradicional, com curativos feitos de gazes e pomadas e que normalmente devem ser trocados no máximo a cada três dias. Esse curativo tem apresentado resultados terapêuticos melhores que a pele de cadáver”, diz Irene.

hospital usa pele de tilápia tratamento queimaduras

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O cozinheiro Bruno Conceição, 24 anos, foi atingido por uma explosão de panela de pressão e precisou ser submetido ao tratamento. “Eu trabalho em uma pastelaria e sofri as queimaduras no tronco e nos braços quando uma panela de pressão explodiu. Não sinto dor utilizando a pele, foi ótimo. Vou sair do hospital já nos próximos dias.”

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Leia também: Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: O Globo/Fotos: Divulgação

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,777,376SeguidoresSeguir
23,544SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mulheres explicam o câncer de ovário e lutam pela prevenção precoce da doença

Sabia que o câncer de ovário atinge 250 mil mulheres no mundo anualmente? No Brasil, a previsão é de que mais 6 mil casos...

Jovem registra gesto comovente de funcionário do Mcdonald’s que viraliza na internet

Destiny Carreno presenciou uma cena comovente numa das franquias do Mcdonald’s, em Chicago, Estados Unidos. Ela viu um dos funcionários da rede de fast-food...

Idosa que se recusava a ir pra abrigo e abandonar seus cães recebe ajuda e agora tem casa pra morar

Dona Hermelina, a idosa de 63 anos, comeveu a internet com sua história. Ela preferiu ficar na rua a abrir mão da companhia de seus dois...

Virada Sustentável de SP traz centenas de atrações gratuitas com foco em bem estar e meio ambiente

Já começou a 7ª edição da Virada Sustentável em São Paulo, que acontece até o dia 27 de agosto em diversos pontos importantes da...

Instagram

Hospital do Rio usa pele de tilápia para tratamento de queimaduras 3