Hostel carioca doa um dia de alimentação a cada reserva efetuada

Viajar, se divertir e ainda contribuir com ações locais que promovem a redução de impactos sociais não parece uma boa ideia? No Rio de Janeiro, quem se hospeda em um hostel da rede El Misti Hostels, espalhada pela Zona Sul carioca com quatro unidades, contribui com um dia de alimentação na vida pessoas carentes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a matéria publicada no site de viagens Guia Viajar Melhor, o projeto é uma parceria da rede de hospedagem com a ONG Banco de Alimentose, a cada reserva efetuada no site ou no balcão dos hostels da rede, uma parte é revertida para a instituição. A ideia é direcionar parte do faturamento da rede para comunidades de baixa renda, e assim gerar impacto social, diminuindo a desigualdade e gerando oportunidades.

Como é a atuação da ONG Banco de Alimentos?

A ONG Banco de Alimentos tem como objetivo minimizar o desperdício de alimentos e os efeitos da fome no Brasil, contando com empresas parceiras que revertem parte de sua renda para viabilizar o projeto.

Essas ações contribuem com mais de 45 entidades e que atendem mais de 20 mil pessoas em situação de vulnerabilidade. Com o apoio de instituições parceiras, o projeto não só transforma a realidade de muitas pessoas, mas também gera benefícios para toda a sociedade: tornam as empresas mais humanizadas e as aproximam da comunidade, reduzem a desigualdade e promovem um futuro melhor e mais justo.

Responsabilidade social

O diálogo entre empresas e comunidade é uma forma eficaz de promover o desenvolvimento local e muitos empreendedores têm notado como essas ações só geram benefícios. Além da parceria com a ONG Banco de Alimentos, a rede El Misti também colabora com outros projetos sociais na região, como o “Educamais”.

O programa promove, em parceria com outras empresas, treinamento para jovens e adolescentes sob situação de vulnerabilidade do morro do Cantagalo, na Zona Sul do Rio, fomentando conhecimento e aulas de áreas específicas, como hotelaria, gestão, administração, marketing, entre outras, com duração de um ano.

A ideia é promover capacitação e complementar a grade escolar dos estudantes de forma lúdica, permitindo que aprendam conceitos muitas vezes não ensinados nas salas de aula, como elaboração de currículo, como se portar em uma entrevista de emprego, além de informações e técnicas importantes para quem está iniciando sua vida profissional.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desta forma, os jovens são capacitados para uma primeira inserção no mercado de trabalho, muitas vezes atuando dentro das próprias empresas promotoras do projeto e conhecendo diversas áreas corporativas, se atualizando e acumulando experiências.

hostel doa dia alimentação cada reserva efetuada
Foto: Gustavo Albano/GuiaViajarMelhor

Como contribuir?

Para quem quiser fazer parte e contribuir com o projeto da ONG Banco de Alimentos, a instituição aceita doações tanto de pessoas físicas quanto de empresas que desejam se tornar parceiras e contribuir com recursos para viabilizar a entrega dos alimentos, manutenção de vans, entre outros.

No caso das pessoas físicas, é possível se tornar um parceiro mensal ou realizar uma única doação, via cartão de crédito ou débito em conta. Você também pode dedicar seus créditos da nota fiscal paulista, por exemplo, para a ONG automaticamente.

Já empresas podem se tornar parceiras de um projeto social de impacto também ao realizar uma contribuição mensal. Já as empresas do ramo alimentício podem realizar doação de alimentos em boas condições que seriam descartados, contribuindo com a redução da fome e do desperdício. Mais informações podem ser acessadas no site da ONG.

Conteúdo do Guia Viajar Melhor, site parceiro do Razões.

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,527FãsCurtir
1,763,130SeguidoresSeguir
8,635SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotos de abelhas cansadas dormindo de “bumbum pra cima” dentro de flores viralizam

Uma série de fotos de abelhas tirando um cochilo dentro de flores com o bumbum cheio de pólen está fazendo o maior sucesso na...

No Pará, há mais de 40 anos existe um bloquinho infantil que homenageia os animais da Amazônia

Cada vez mais os blocos carnavalescos estão inovando e usando e abusando da criatividade, mas o que falar deste bloquinho infantil, do interior do...

O primeiro dia de aula do menino desnutrido que foi resgatado há um ano

O primeiro dia de aula é uma data marcante, que estabelece que seu filho(a) está crescendo e ganhando o mundo. Mas, para um menino em...

Fábio Assunção dá a volta por cima um ano depois de virar ‘piada’ no Carnaval

É impressionante o quanto as coisas podem mudar em apenas um ano, né? Olha o caso do ator Fábio Assunção, 48 anos. No Carnaval do...

Comediante arrecada quase R$ 1 milhão para menino que sofreu bullying

O vídeo de um menino com nanismo chorando após ser vítima de bullying na escola gerou uma onda de comoção e solidariedade de milhares...

Instagram