Idosa de 108 anos abre mão de vacina contra Covid-19: “prefiro dar para alguém mais novo”

Generosa que dá gosto de ver, a dona Hilda Cândida da Silva seria uma das primeiras pessoas vacinadas contra a Covid-19 em Rio das Flores (RJ). Porém, a idosa de 108 abriu mão da vacina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela diz que está “quase partindo” e que prefere ceder a vacina para alguém mais jovem. Apesar de especialistas não aprovarem a recusa – protegeria a idosa e evitaria a circulação do vírus –, dona Cândida está decidida. Não é por medo, mas um ato de extrema generosidade.

A idosa de sorriso encantador tem dores crônicas nas pernas e passa a maior parte do tempo sentada no banco da varanda da casa onde mora.

“Eu já vivi tanta coisa nessa vida, com quase 109 anos, que prefiro dar a vacina para alguém mais novo, que ainda pode viver mais do que eu posso. Estou quase partindo, não quero essa vacina”, afirma a idosa que faz aniversário no dia 2 de março.

Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dona Cândida recebe a visita de médicos e enfermeiros periodicamente. Ela não deixa de tomar os remédios para cuidar da saúde. 

Sempre levou uma vida saudável. Um dos segredos para sua longevidade e bom humor. Após ficar alguns dias internadas no hospital, as enfermeiras não queriam que ela fosse embora. “Diziam que eu era a alegria por lá”.

Foto: Divulgação

Ela mora sozinha no distrito de Manuel Duarte e conta com o apoio de um neto que mora em outra casa no mesmo terreno. O restante da família mora longe. Dos sete filhos que teve, três já morreram. Netos, ela já perdeu as contas de quantos tem. Também tem tataranetos, mas que ainda não conheceu.

Desde o início da pandemia, manteve-se isolada de vizinhos e amigos. O coronavírus já matou sete pessoas em Rio das Flores. Dona Cândida abriu mão da vacina, mas não descuida da proteção. Continua usando máscara e álcool em gel.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No início da pandemia, lá na Inglaterra, uma idosa tomou uma decisão que lembra bastante a dona Cândida, ao recusar um ventilador.

Conheça a história de quatro mulheres que revolucionaram seus destinos, decidiram empreender em momentos de dificuldade e voaram alto!

Fonte: Rondônia Ao Vivo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,642,968SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria varal e armário solidários, com doação de roupas e alimentos em Cotia (SP)

‘Se precisar, pegue, se puder, doe, se precisar e puder, faça a troca’.

Vídeo de 30 segundos mostra tranformação de 3 anos de adolescente trans

Com apenas 21 anos, o britânico trans Jamie Raines tomou uma corajosa decisão, compartilhar com o mundo, através de um canal no YouTube, todo seu...

Pai mostra orgulho por filho drag queen: “cadê sua foto de peruca?”

“Mandei aí, tenho orgulho de você”, disse o pai do Manoel, que é gay e drag queen, pedindo para o filho filho mandar uma...

Paraense se declara para marido que a busca no trabalho de bicicleta e viraliza

Um desabafo da paraense Carla Rovene viralizou nas redes sociais neste último domingo (23). Numa publicação em seu perfil pessoal, ela fez uma declaração...

Você sabe a real importância de um professor?

"Professor é um dom, uma vocação". São com essas palavras que o jornalista Alexadre Garcia fala sobre a importância do professor na vida de...

Instagram