Idosa de 108 anos abre mão de vacina contra Covid-19: “prefiro dar para alguém mais novo”

Generosa que dá gosto de ver, a dona Hilda Cândida da Silva seria uma das primeiras pessoas vacinadas contra a Covid-19 em Rio das Flores (RJ). Porém, a idosa de 108 abriu mão da vacina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela diz que está “quase partindo” e que prefere ceder a vacina para alguém mais jovem. Apesar de especialistas não aprovarem a recusa – protegeria a idosa e evitaria a circulação do vírus –, dona Cândida está decidida. Não é por medo, mas um ato de extrema generosidade.

A idosa de sorriso encantador tem dores crônicas nas pernas e passa a maior parte do tempo sentada no banco da varanda da casa onde mora.

“Eu já vivi tanta coisa nessa vida, com quase 109 anos, que prefiro dar a vacina para alguém mais novo, que ainda pode viver mais do que eu posso. Estou quase partindo, não quero essa vacina”, afirma a idosa que faz aniversário no dia 2 de março.

Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dona Cândida recebe a visita de médicos e enfermeiros periodicamente. Ela não deixa de tomar os remédios para cuidar da saúde. 

Sempre levou uma vida saudável. Um dos segredos para sua longevidade e bom humor. Após ficar alguns dias internadas no hospital, as enfermeiras não queriam que ela fosse embora. “Diziam que eu era a alegria por lá”.

Foto: Divulgação

Ela mora sozinha no distrito de Manuel Duarte e conta com o apoio de um neto que mora em outra casa no mesmo terreno. O restante da família mora longe. Dos sete filhos que teve, três já morreram. Netos, ela já perdeu as contas de quantos tem. Também tem tataranetos, mas que ainda não conheceu.

Desde o início da pandemia, manteve-se isolada de vizinhos e amigos. O coronavírus já matou sete pessoas em Rio das Flores. Dona Cândida abriu mão da vacina, mas não descuida da proteção. Continua usando máscara e álcool em gel.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No início da pandemia, lá na Inglaterra, uma idosa tomou uma decisão que lembra bastante a dona Cândida, ao recusar um ventilador.

Conheça a história de quatro mulheres que revolucionaram seus destinos, decidiram empreender em momentos de dificuldade e voaram alto!

Fonte: Rondônia Ao Vivo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

‘Super-pediatra’ se veste de herói todos os dias para atender crianças

O pediatra Ricardo Fonseca se tornou conhecido nas redes sociais como o 'super-pediatra' do Hospital Regional do Gama (HRG), em Brasília (DF). Deixando de lado...

A incrível história de superação de um jovem expulso de casa por ser gay

Assim como acontece com muitos jovens (infelizmente), a família de Luan Salazar não aceitou o fato de seu filho ser gay. Se antes ele...

Jogador Allan Marques raspa cabeça em apoio ao filho com alopecia

O jogador Allan Marques, que hoje defende o Everton, na Inglaterra, deixou os internautas emocionados nesse início de semana. Ele raspou a cabeça em...

Estudantes fazem festa surpresa de 15 anos para filha de ex-catadores de lixão

É o sonho de muitas garotas terem uma festa de 15 anos, mas para Wanessa de Souza, essa ideia nem passava pela sua cabeça....

Menina que se fantasiou de hot-dog no Dia das Princesas é homenageada com Lego próprio

A pequena Ainsley ficou famosa na web depois que uma foto sua vestida com uma fantasia de cachorro-quente em uma festa do Dia das...

Instagram