Vovó cadeirante constrói rampas de Lego e leva acessibilidade a comércios na Alemanha

Cansada da falta de acessibilidade dos estabelecimentos que frequenta, a alemã Rita Ebel, 62 anos, desenvolveu uma criativa e colorida solução para seu problema: rampas feitas de Lego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Para mim, é sobre sensibilizar um pouco o mundo para viagens sem barreiras”, disse Rita, que mora em Hanau, município de 90 mil habitantes no coração da Alemanha.

A idosa usa cadeira de rodas há 25 anos, desde que sofreu um acidente de carro. “Qualquer um pode acabar subitamente em uma situação que os coloca em uma cadeira de rodas, como aconteceu comigo”, disse.

Idosa cadeirante constrói rampas de Lego na Alemanha

Sua solução encantou comerciantes de toda a cidade: agora, dezenas de lojas e estabelecimentos comerciais usam as rampas de Lego para dar mais acessibilidade a cadeirantes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Rita passa de 2 a 3 horas por dia ao lado do marido construindo as rampas coloridas, feitas sob medida, que contém milhares de peças de plástico fundidas com até oito vidros de cola.

Idosa cadeirante constrói rampas de Lego na Alemanha

A união faz a força: juntas, as peças de Lego são bastante resistentes, permitindo a passagem da cadeira de rodas sem problemas.

“Ninguém passa por uma rampa de lego sem dar uma olhada. Sejam crianças que tentam desgrudar as peças, sejam adultos que pegam seus celulares para tirar fotos”, contou, destacando que as cores brilhantes chamam a atenção no centro da cidade.

Idosa cadeirante constrói rampas de Lego na Alemanha

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É uma ótima ideia”, disse Malika El Harti, que comprou uma das rampas para seu salão. “Todos que passam por aqui estão felizes com as rampas. Finalmente você pode ver de longe que pode entrar aqui sem quaisquer problemas.”

De acordo com Rita, o grande desafio é receber doações de peças, uma vez que muitas famílias não querem se desfazer delas.

Idosa cadeirante constrói rampas de Lego na Alemanha

A iniciativa deu tão certo que deve ser ‘exportada’ para outros países. Recentemente, a idosa enviou um ‘passo a passo’ de como construir as rampas para a Áustria e a Suíça. Pessoas da Espanha e dos Estados Unidos também manifestaram interesse nas rampas de Lego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aproveite para ver novamente réplicas do Titanic e da Estátua da Liberdade feitas com peças de lego por dois garotos autistas.

[Junte-se à corrente do bem que vai doar cadeiras de rodas para crianças com doenças raras. Clique aqui e faça a sua doação.]

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: G1/Fotos: Kai Pfaffenbach/Reuters

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,512SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Noivos trocam festa de casamento e fazem 50 atos de bondade

Imaginem uma festa de casamento, agora imaginem sem bolo, sem salão, nem lua de mel. Pois é, a forma que o casal Mark e Ismini,...

Aos 96 anos, italiano se torna o mais velho do país a se formar em universidade

Giuseppe Paterno é um aposentado de 96 anos e poderia passar seus dias tranquilos, em casa, com a família. Mas ele tinha um sonho...

Google coloca no mercado colher que diminui o tremor das mãos de pacientes com Parkinson

Um ato que para todos é quase automático, para pessoas com Parkinson pode ser um desafio, de alimentar sozinho com talheres. Os tremores que...

Campanha pela liberdade na vida e na arte

Essa foi uma campanha lançada pela revista digital de teatro e política cultural "Antro Positivo" em Maio de 2013. O projeto intitulado "Campanha para a liberdade...

Eduardo Marinho fala sobre o que a razão não alcança

Eduardo Marinho conta sua história de vida nesse TEDx Da Luz, no qual ele fala sobre sociedade, pobreza, razão, intuição e o olhar ao...

Instagram