Idosa de 62 anos lê pela primeira vez e se emociona; veja vídeo

Clique e ouça:

Uma idosa de 62 anos teve uma reação emocionante ao conseguir soletrar, juntar as sílabas e ler a primeira palavra de sua vida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dona Maria Nazaré da Conceição vive em Parnamirim (RN). Ela tenta aprender a ler e escrever há vários anos, mas sem ajuda de ninguém, não conseguia. Tudo isso mudou ao conhecer a psicopedagoga Izabel Silva, que trabalha na Escola Municipal Maria Cristina.

A psicopedagoga gravou um vídeo mostrando a Dona Maria lendo as letras ‘m’ e ‘o’, para em seguida formar o fonema ‘mo’. Depois, Dona Maria une as letras ‘l’ e ‘a’, emocionando-se ao descobrir que havia montado a palavra ‘mola’.

As duas ficam tão contentes naquele momento que caem na gargalhada!

Idosa lê pela primeira vez vídeo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Rejane Barbosa dos Anjos, filha de Dona Maria, conta que a mãe não teve a oportunidade de estudar quando era mais nova. “Teve muitas dificuldades na infância, teve que trabalhar muito cedo, como acontece com boa parte da população. Ela está tentando aprender a ler há muitos anos”, contou.

“Ela já passou por muitas escolas, mas nunca conseguiu aprender. E esse ano a escola conseguiu uma psicopedagoga que está ajudando. E depois de mais de vinte anos ela está conseguindo aprender as primeiras palavras”, comemorou.

Leia também: Idosa de 80 anos realiza o sonho de ler e escrever em Goiás

Maria Nazaré é viúva e trabalhou por muitos anos como empregada doméstica e faxineira. Ao longo da vida, incentivou os filhos a estudar. Rejane levou a sério os conselhos da mãe: atualmente é formada em Relações Internacionais e oferece aulas de reforço escolar em Parnamirim.

Dona Maria quer ‘voar mais alto’, agora que está se acostumando com as palavras da língua portuguesa. “O sonho dela é escrever uma carta para cada um dos filhos e quando terminar os estudos quer fazer faculdade”, concluiu a filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Assista ao vídeo da 1ª palavra lida pela idosa:

Educação, esporte e arte são fundamentais para a inclusão social de grupos vulneráveis, concorda? Conheça então três projetos que defendem essas causas, escolha a sua favorita, apoie e concorra a um super prêmio de R$ 1 milhão da promoção “Ganhou, Causou”, da Nestlé. Clique aqui e saiba como participar!

Fonte: SNB/Fotos: Reprodução/YouTube

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,074,367FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,447SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Internautas impedem falência de camisaria de idoso e vaquinha arrecada mais de R$50 mil em menos de 24h

Genteee, conseguimos! Batemos a meta da vaquinha pro Seu Pedroso não perder sua pequena camisaria, que ele tem há 75 anos. A história do vovô...

Instagram

Idosa de 62 anos lê pela primeira vez e se emociona; veja vídeo 14