Idosa fica desolada após ter produtos apreendidos e internautas fazem vaquinha para ajudá-la (TO)

Clique e ouça:

Até hoje, a idosa Raimunda Ramalho, 65 anos, está desolada com que aconteceu há menos de uma semana com ela. Fiscais da Prefeitura de Palmas (TO) apreenderam todos os seus produtos. Mesmo tendo alvará para vendedor ambulante, ela teve cinco minutos para deixar o local e não conseguiu cumprir prazo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A venda dos lanches é a única fonte de renda da idosa que vive sozinha. Ela está sem trabalhar desde o acontecido. Para ajudá-la a recuperar o dinheiro dos dias parada e dar o suporte que ela precisa até a Prefeitura resolver o seu caso, abrimos a sua vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua!

Conversamos com a dona Raimunda e com a sua neta Naysa Beckmam, 22 anos, que está fazendo companhia para a avó que está assustada com tudo o que aconteceu.

“Eu tenho alvará, mas não estava com documento porque sempre levava e nunca precisou. A licença é para vendedor ambulante, tem que ficar andando, mas eu não consigo”, disse Raimunda.

Idosa fica desolada após ter produtos apreendidos e internautas fazem vaquinha para ajudá-la (TO) 1
Desolada, idosa só assiste seus produtos sendo apreendidos pelos fiscais. Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A idosa contou que o município informou que iria estipular uma multa entre R$ 500 e R$ 14 mil. Se ela não pagasse em 48 horas, os alimentos seriam doados e em 15 dias os objetos apreendidos serão incinerados.

Num vídeo feito por uma pessoa que presenciava a abordagem dos fiscais, a idosa fica muito nervosa, e com muita tristeza, guarda todos os seus produtos numa caixa e entrega aos fiscais. Desolada, ela relata que “não estava roubando” e que trabalha para sobreviver.

Idosa está sem trabalhar desde que teve seus produtos apreendidos

Enquanto a Prefeitura não resolve o caso dela, ela não está trabalhando. Está desolada. Ela lembra de tudo e fica mal. Levaram até os panos de pratos que ela tinha comprado há pouco tempo”, relatou a neta da idosa.

idosa que teve os produtos apreendidos sentada
Dona Raimunda está sem trabalhar desde que os fiscais levaram seus produtos. Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Naysa contou que a vó vive sozinha e paga o aluguel com a ajuda de um tio, que dorme lá de vez em quando. Agora, sem os seus produtos, está sem trabalhar.

“Ela mora em casa de aluguel, aí o meu tio ajuda com o aluguel. Mas ela paga as demais coisas, água, energia, remédios”, conclui a neta.

Vamos dar essa força à dona Raimunda e recuperar os dias que ela está sem trabalhar? Clique aqui e contribua!

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,055,488FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
18,132SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto recebe ajuda de gamer profissional e sugere vender latinhas para retribuir

Essa semana muita gente se emocionou com a história do garoto Guilherme, um menino humilde que gosta de jogar um game chamado Free Fire,...

Adolescente recusa oferta de R$ 46 milhões por site sobre Covid-19

O que você faz quando tem 17 anos? Pensa em estudar, curtir a balada, se divertir. Mas, não o Avi Schiffmann. Ele construiu um...

Mãe que anunciou faxina por R$ 20 para alimentar filhos comove internautas e recebe R$ 53 mil em doações

A jovem mãe Liliane está desempregada e as faxinas foi o meio que encontrou pra não faltar comida em casa.

Vizinhos compram todos os picolés de idoso e arrecadam R$ 300 mil para ele

Os vizinhos de um senhorzinho compraram todos os seus picolés para que o idoso pudesse ir para casa e descansar. Esse ato de bondade vem...

Solidariedade! Pizzaria de SP recebe milhares de pedidos após ser furtada

André Murias e Gabriela Lins são casados e sócios da Pizzaria Malagueta, em Santos (SP). Eles foram vítimas de um assalto em abril e,...

Instagram

Idosa fica desolada após ter produtos apreendidos e internautas fazem vaquinha para ajudá-la (TO) 14